Paraíba

Jovens vão cuidar de horta comunitária criada pela Unimed João Pessoa

201505260343360000003925O sábado passado (23) foi um dia diferente para os jovens que integram o Coral Jovem, um dos projetos de responsabilidade social da Unimed João Pessoa. Em vez de ensaiar e cantar, os meninos e meninas se envolveram com uma atividade diferente: o plantio de uma horta comunitária, na casa onde funciona a Coordenação de Responsabilidade Socioambiental da Cooperativa, no bairro da Torre.

Antes do plantio, os jovens aprenderam em um workshop como cuidar da horta, que é suspensa e cultivada em garrafas pet. A iniciativa tem como objetivo despertar nos integrantes do Coral a consciência de preservar a natureza, incentivando-os a desenvolver hábitos saudáveis como o consumo de alimentos orgânicos e a reutilizar materiais que poluem o meio ambiente.

A programação foi realizada das 8h às 11h30 e contou com as presenças do presidente da Unimed João Pessoa, Alexandre Magno Pimentel, e do coordenador de responsabilidade socioambiental, Gilvan Araújo, além de colaboradores. As atividades começaram com um café da manhã, alongamento e, logo após, um workshop com os jovens sobre a horta. Durante a oficina, os instrumentos utilizados pelo grupo foram bem diferentes daqueles aos quais estão acostumados a utilizar durante os ensaios do Coral.

Com pás, regadores, ancinhos, adubo, terra e muitas sementes, os jovens aprenderam os nomes das hortaliças e verduras e os cuidados com o cultivo. Também fizeram dinâmicas, cantaram, dançaram e assistiram a vídeos relacionados ao tema. Na ocasião, os adolescentes plantaram hortaliças e legumesmais utilizados em casa, como alface, tomate, coentro, couve, rúcula, cebolinha e cenoura.

CIDADANIA
O presidente Alexandre Magno Pimentel ficou entusiasmado ao perceber o interesse e animação dos jovens debruçados sobre as garrafas pet, plantando e regando as sementes. Ele falou sobre a importância do projeto para a Cooperativa e, também, para a formação cidadã dos integrantes do Coral.

“A Unimed João Pessoa apóia toda iniciativa que venha a formar cidadãos com consciência de respeito ao meio ambiente. A horta, portanto, visa não apenas ensiná-los a produzir o alimento, mas também através desse mecanismo criar uma consciência coletiva da responsabilidade com o planeta”, enfatizou.

Para o coordenador de responsabilidade socioambiental, Gilvan Araújo, o coral não é uma atividade simplesmente para cantar, mas também para dar noções de cidadania aos jovens das comunidades carentes. “Esse é o papel social da Unimed JP junto à sociedade, e a horta veio para complementar porque além do projeto social, representa um projeto ambiental”.

RESPONSABILIDADE
A proposta da horta comunitária é de que cada integrante fique responsável por aquilo que está cultivando, leve o produto colhido para casa e, principalmente, compartilhe e ensine as técnicas da horta comunitárias às pessoas de suas comunidades. Cada garrafa pet está identificada com o nome de um jovem.

A estudante Hortênsia Cibele, 19 anos, faz parte do Coral há quatro anos, e estava empolgada com a novidade. Ela considerou a atividade importante para ajudar as comunidades mais carentes a produzirem o próprio alimento em pequenos espaços e com materiais simples. “É importante para preservar o que nós temos, aprender e compartilhar com outros essa experiência tão grandiosa”, ressaltou a adolescente.

O projeto não traz nenhum custo para a Unimed JP. Todo o material usado na horta foi doado. O projeto vai beneficiar 69 integrantes do coral. São jovens e crianças das comunidades Padre Hildon bandeira e São Rafael que ficam próximas ao Hospital Alberto Urquiza Wanderley.

COMO MONTAR UMA HORTA
Se você também quer fazer uma horta comunitária, veja como proceder:
– Encontre um espaço: pode ser uma praça, um quintal, um telhado;
– Converse com as pessoas: visite hortas que já existem e converse com quem já planta;
– Entenda: seja curioso, procure conhecer diferentes plantas e como elas interagem entre si;
– Use mapas: desenhe sua horta e imagine como gostaria que ela fosse.
– Mão na massa: chame um mutirão de gente que quer trabalhar, colocar a mão na terra e conhecer novas pessoas;
– Cuide da sua horta: ela precisará ser regada, receber atenção periódica e ser adubada e arejada a cada mês.
– Dê tempo ao tempo: entenda e interaja com sua horta. cada coisa terá o seu tempo para crescer;
– Escreva o que você fez: faça um blog, um diário de plantio ou anote em um caderno;
– Celebre a abundância: festeje suas conquistas com todos aqueles que apostaram no processo;
– Divirta-se: aproveite, experimente, seja ousado.

WSCOM Online

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios