Paraíba

João Pessoa deve ultrapassar marca de 1 milhão de visitantes em 2013

João Pessoa deve receber mais de um milhão de turistas em 2013. Esta é a expectativa da Secretaria de Turismo da Capital (Setur). Neste sábado (2) , quando se celebra o Dia Nacional do Turismo, a Capital comemora a aprovação dos visitantes, comprovada pela pesquisa feita pela Setur, que mostra que 93,74% dos entrevistados que estiveram em João Pessoa pretendem voltar e a previsão de investimento de mais de R$ 5 milhões em projetos de divulgação e promoção.

joao-pessoa-deve-ultrapassar-marca-de-1-milhao-de-visitantes-em-2013.jpg.280x200_q85_crop

Para o prefeito Luciano Cartaxo, este é o resultado de uma política séria voltada para a construção da Capital como destino nacional e internacional. “Nosso foco é o desenvolvimento de João Pessoa e o aproveitamento de todo o potencial que o setor turístico possui em gerar empregos”, destacou.

Para isso, ele aposta no trabalho efetivo da administração para a capacitação da mão-de-obra turística. “Vamos capacitar os profissionais e melhorar o serviço oferecido, um investimento que vai possibilitar a ampliação do mercado e a criação de mais postos de trabalho”, assegurou.

Outros pontos de destaque na política de turismo da gestão são a preparação da cidade e sua divulgação. “É por isso que estamos tomando muitas ações de infraestrutura, como o recapeamento de diversos pontos da malha asfáltica, a iluminação e a sinalização. Com a cidade pronta para receber os turistas, podemos apostar na divulgação. Este ano, já levamos o que a cidade tem de melhor para o Brasil e  para o mundo. Tivemos a transmissão do nosso carnaval para diversos países e participamos das grandes feiras do setor, uma delas com a presença de mais de 10 mil agentes de viagem, em São Paulo. Nós manteremos presença constante nestes eventos”, garantiu o prefeito.

O secretário de Turismo de João Pessoa, Roberto Brunet, aponta a qualificação da mão de obra da cadeia produtiva do turismo como uma das principais ações a serem desenvolvidas em 2013, entre elas a capacitação do bugueiros, taxistas, garçons, cozinheiros, guias de turismo, recepcionistas e outros trabalhadores que estiverem envolvidos com a cadeia produtiva.

Plano Diretor – Melhorias na parte organizacional da Secretaria de Turismo também foram adotadas. Atualmente, 70% dos servidores da Setur têm envolvimento, capacitação ou formação na área do turismo, o que garante segundo Roberto Brunet, melhor planejamento e sucesso nas ações.

Todas estas medidas foram norteadas pelo Plano Diretor do Turismo (PDT) da cidade de João Pessoa. O trabalho elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) é o principal mecanismo para orientar projetos e ações a serem implementadas na atividade do turismo.

Trabalho intersetorial – Mas para que João Pessoa esteja preparada para receber o visitante é necessário que outras secretarias estejam envolvidas, a exemplo da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur), Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope). De acordo com Roberto Brunet, a revitalização das praças e monumentos históricos e a preservação dos atrativos turísticos dependem desta intersetorialidade.

Ainda neste primeiro semestre, a Setur trabalha no sentido de implantar novos atrativos e equipamentos turísticos e desenvolver atividades de lazer que possam envolver a população de João Pessoa e os visitantes.  “A criação de novos atrativos, a exemplo do mergulho, do fortalecimento de festas como o carnaval, paixão de Cristo, São João e fim de ano, estarão no planejamento anual da Setur e vamos trabalhar fortemente para a consolidação destes novos projetos”, garantiu.

Outras ações de fortalecimento do turismo de João Pessoa nestes primeiros 60 dias de gestão foram o ordenamento dos arrecifes de Picãozinho, trabalho realizado com apoio da Guarda Municipal, Sedurb e Secretaria de Meio Ambiente (Seman), a coibição ao exercício ilegal da profissão de Guia de Turismo e das demais atividades relacionadas e o combate à exploração sexual infantil e ao turismo sexual, por meio de uma parceria firmada com o Ministério Público do Trabalho (MPT).   “A marca do Turismo nessa gestão é ousadia. Garanto que esta administração vai marcar a atividade turística deste Estado”, concluiu.

Click PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios