DestaquesParaíba

João Azevêdo explica medidas de isolamento e retomada econômica

João Azevêdo também detalhou o plano de retomada da economia no estado

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), realizou um pronunciamento oficial na tarde deste domingo (31), sobre o novo decreto prevendo novas medidas de isolamento social, que foi publicado nesse sábado (30). A fala foi transmitida através das redes sociais do governador. Veja o vídeo.

Retomada da economia

Além de falar sobre as novas medidas de enfrentamento ao coronavírus, Azevêdo detalhou o plano de retomada da economia no estado, implementado entre o Governo e as prefeituras.

Isolamento social mais rígido

As medidas de isolamento mais rígidas contra o coronavírus anunciadas nessa semana por gestores do Estado e de Municípios começam a valer nesta segunda-feira (1º) na Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP), através de novo decreto publicado neste sábado (30) pelo Governo do Estado.

A recomendação é que as pessoas não façam aglomerações, evitem locais públicos, fiquem em casa e só se desloquem caso seja preciso. Quem tiver que sair, deve ter justificativas que comprovem a necessidade do deslocamento. As pessoas comprovadamente infectadas ou com suspeita de contágio do novo coronavírus deverão permanecer em isolamento obrigatório no domicílio, em unidade hospitalar ou em outro lugar determinado pela autoridade de saúde.

Serviços não essenciais continuam fechados e podem ser multados se abertos. Permanecem operando normalmente todos os serviços essenciais relacionados à saúde e alimentação, como supermercados, farmácias, urgência e emergência médica, veterinários etc. Táxi ou transporte por aplicativo circulam normalmente. Transportes de carga e veículos relacionados às atividades de segurança e saúde também seguem circulando.

 

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios