Destaques

João Azevedo acredita que transposição trará segurança hídrica à Paraíba

joao_azevedo_foto-walla_santos_10O secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia João Azevedo disse nesta terça-feira (15), que a transposição das águas do rio São Francisco deve resolver o problema de segurança hídrica da Paraíba. Segundo ele, tem mais de 9 mil homens trabalhando na obra. “Eu não tenho dúvida do ritmo da obra, tem mais de 9 mil homens trabalhando”, disse Azevedo, durante ato realizado no Espaço Cultural contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, “A Paraíba Pela Democracia: Golpe Nunca Mais”.

A Paraíba já vem sofrendo com a estiagem, inclusive com racionamento, como em Campina Grande. “Nós implantamos um sistema de captação flutuante que faz com que a gente tenha a retirada de uma água de melhor qualidade”, disse.

Segundo ele, dentro da programação, o Estado espera chegar até março de 2017, com 20 milhões de metros cúbicos de água, mesmo que não haja recarga de nenhuma chuva durante esse período.

O secretário João Azevedo espera, no entanto, que haja a ocorrência de chuvas para recarregar os mananciais, inclusive no Sertão, a partir de janeiro, quando começa o período de chuvas. “Nós esperamos que haja recarga de algumas barragens. Nós só podemos fazer uma avaliação a partir de fevereiro, quando a gente vai saber o que houve de recarga em cada barragem. Nós esperamos que haja chuva pelo menos na quantidade que aconteceu nos últimos anos”, disse.

Ele lembrou que, atualmente, a Paraíba está com apenas 15% da capacidade de armazenamento dos açudes, com água. Mas além da possibilidade de haver chuvas a partir de janeiro, ele destaca a importância da transposição das águas do São Francisco, prevista para a partir de dezembro de 2016. “E a gente espera que efetivamente aconteça isso, tanto no eixo norte quanto no eixo leste, o que resolveria em definitivo questão de segurança hídrica para dois terços da população da Paraíba”, declarou o secretário.

 

 

Com  Click PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios