Destaques

Italiano comandava esquema de lavagem de dinheiro com ramificação na Paraíba

policia  federalA Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (18) mandados de busca e apreensão e sequestro de bens para desarticular esquema internacional de lavagem de dinheiro com ramificação na Paraíba.

O esquema é capitaneado por um cidadão italiano, que tem residência na Paraíba e aqui constituiu empresa de fachada no ramo de mineração. Essa empresa simulava a venda de minérios para o exterior, sobretudo para uma empresa situada na Suíça. De acordo com informações obtidas em colaboração com a INTERPOL e com as investigações realizadas no Inquérito Policial, a empresa suíça é comandada também por italianos, que remeteram grandes quantias em dinheiro para o Brasil em decorrência da compra fictícia de minério.

De acordo com o delegado Fabiano Emídio, da Polícia Federal – responsável pelos crimes financeiros – há informações que o italiano pode está no Brasil, por isso, a Interpol e a PF estão a procura dele nesta quinta-feira.

O dinheiro foi internalizado no Brasil através Paraíba, mediante de contratos de câmbio ideologicamente falsos. Em território nacional, o dinheiro foi investido em nome de laranjas em empreendimentos na Paraíba, no Mato Grosso do Sul, em Brasília e no Rio de Janeiro. Em todos esses locais, a Polícia Federal cumpre mandados expedidos pela Justiça Federal na Paraíba. Aproximadamente R$ 10 milhões devem ser sequestrados nesta quinta-feira entre bens móveis e imóveis.

 

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios