policial

Irmã do cordelista Márcio Bezerril é encontrada morta na serra de Pilões/PB

Betanea Bizeril – Foto: Facebook
Betanea Bizeril – Foto: Facebook

A jovem Clarisse Betanea Bizerril de Brito, 39 anos, residente na rua João Pacheco, ao lado do colégio Edgardo Júlio, no Nordeste I, em Guarabia, irmão do cordelista, poeta e artista plástico guarabirense Márcio Bizerril, foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (30), às margens da rodovia que liga as cidades de Cuitegi e Pilões, no Brejo paraibano.

Segundo relatos do perito, o corpo de Betânia, como era mais conhecida, apresentava vários hematomas, principalmente na região da barriga, possivelmente provocado por espancamento.

Um detalhe que chamou a atenção dos peritos e dos policiais que estiveram no local, é que os ouvidos e nariz da vítima estavam tapados com algodão, o que leva a crer que ela tenha sido morta em outro lugar e jogada onde foi encontrada. O algodão seria para que o sangue dela não sujasse o veículo que possivelmente a tenha levado até lá.

Uma das linhas de investigação que, provavelmente seja seguida pela polícia, é que ela tenha sido vítima de acerto de contas. Segundo a mesma polícia, ela era usuária de drogas, mas em contato com familiares, fomos informados que ela era apenas alcoólatra.

Betanea Bizeril - Foto: Nordeste1
Betanea Bizeril – Foto: Nordeste1
por Juka Martins
Portal Mídia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios