policial

Homens são assassinados e polícia encontra corpo de mulher em matagal

120596,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Três homens foram assassinados a tiros e o corpo em decomposição de uma mulher foi encontrado entre o final da manhã e tarde desta quarta-feira (26), na região metropolitana de João Pessoa.

No bairro de Gramame, na Capital, uma mulher foi encontrada morta dentro de um matagal. A perícia constatou que a vítima foi assassinada com dois tiros, sendo um na cabeça e outro no peito. Peritos revelaram que ela teria sido executada há cerca de três dias. O cadáver já estava em decomposição.

O corpo foi encontrado por populares que sentiram um forte odor no matagal e quando foram averiguar encontraram a mulher morta. Ela trajava bermuda jeans e sandália rosa. As primeiras informações colhidas pela polícia no local apontam que a vítima não morava no bairro. O delegado Luiz Cotrim investiga o crime.

No bairro José Américo, Márcio Francisco Freire de Melo, 32 anos, foi assassinado quando estava em uma bicicleta em praça pública. Segundo informações da Polícia Militar, um homem chegou a pé atirando no jovem. Ele sofreu dois disparos e morreu na hora.

Ainda em João Pessoa, no bairro de Mandacaru, Michael Pereira Honório, 21 anos, foi executado quando lavava carro em um lava jato localizado na avenida Ayrton Senna. A Polícia Militar informou que dois homens chegaram em uma bicicleta pedindo água ao jovem. Quando ele foi buscar o líquido foi atingido por vários disparos. Ele morreu na hora.

Familiares informaram que Michael Pereira não tinha ficha criminal nem envolvimento com o tráfico de drogas. Ele morava na comunidade Porto de João Tota.

120597,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0120600,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0

Na cidade de Santa Rita (Grande João Pessoa), o ex-presidiário Cláudio Clementino da Silva, conhecido ‘Gigante’, foi perseguido e assassinado rua Félix de Oliveira, no bairro Marcos Moura. Segundo a polícia, a vítima – que morava nas cinco bocas em bairro de Mandacaru – ainda pulou o muro de uma residência para fugir dos disparos, mas morreu no quintal de uma casa. Nenhum dos acusados pelos homicídios foi preso até as 15h40 desta quarta (26).

 

O ex-presidiário morava no bairro de Mandacaru, em JPFoto: O ex-presidiário morava no bairro de Mandacaru, em JP
Créditos: Emerson Machado

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios