Destaques

Hervázio diz que dificilmente a aliança PSB e PMDB se repetirá nas eleições 2016

hervazio-300x219O afastamento entre o PMDB e o PSB, escancarado em evento de filiação de lideranças peemedebistas no dia de ontem, repercutiu fortemente nesta terça-feira (17), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). O líder do Governo na Casa de Epitácio Pessoa, deputado Hervázio Bezerra (PSB), inclusive, chegou a afirmar que a aliança entre as duas legendas “não existe” e que atualmente e que dificilmente se repetirá, em João Pessoa, nas eleições deste ano.

De acordo com Hervázio, a união entre o PSB e o PMDB, que funcionou apenas no segundo turno das eleições de 2014 e reelegeu o governador Ricardo Coutinho (PSB) para um mandato de mais quatro anos, não assegurou a continuidade no pleito municipal de 2016.

“Na verdade essa aliança não existe. Essa aliança existiu para a eleição de 2014 e temos reflexo hoje, ou seja, com o PMDB fazendo parte do Governo, com a saída do deputado Trócolli Júnior (ex-PMDB e hoje, PROS) para uma secretária [de Articulação Política do Governo] e, consequentemente, com a ascensão da [suplente de] deputada Olenka Maranhão (PMDB), que assumiu o mandato e hoje integra à base do Governo Ricardo Coutinho na Assembleia”, explicou.

Hervázio Bezerra ainda opinou que o PMDB deverá manter a pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior, compondo uma aliança com o PSDB, em João Pessoa. “Todo mundo sabe que o deputado Manoel Júnior votou no candidato a governador, hoje o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), e que ele espera reciprocidade com o apoio do PSDB à sua pré-candidatura”, concluiu.

Da Redação – WSCOM

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios