Paraíba

Governo emite nota para se defender de ataques da Prefeitura de Campina Grande

2A festa de São João de Campina Grande acabou se tornando um motivo de troca de acusações entre o Governo do Estado e a Prefeitura da Rainha da Borborema. Hoje, foi publicada nos dois jornais impressos de maior circulação no Estado uma nota da PMCG com acusações ao Governo. O texto diz que setores do governo teriam desmentido a informação dada por Ricardo Coutinho, que reclamou da falta de prestação de contas da prefeitura para recursos repassados, ano passado, pelo Governo, à administração municipal. Segundo a prefeitura, nenhum valor teria sido aportado dos cofres estaduais para o “Maior São João do Mundo”, fato que teria sido confirmado pela Controladoria Geral do Estado, ao dizer que nenhum convênio fora celebrado entre os dois entes.

A esse propósito, o Governo emitiu uma nota no fim da tarde de hoje:
NOTA
O Governo do Estado atendeu integralmente pedido de verba feito pela Prefeitura de Campina Grande para ajudar na divulgação do Maior São João 2013, estranhando e rechaçando, portanto, mais uma nota divulgada pela prefeitura municipal de Campina Grande com objetivo de confundir a população. O repasse, de R$ 800.000,00, feito pelo Governo, foi utilizado para divulgação nacional do evento no programa Caldeirão do Hulk e para a transmissão ao vivo, para o todo o País, pela TV Brasil.
 
Em vez de explicar a falta de transparência, visto que jamais prestou contas das movimentações financeiras referentes ao evento, ou para esconder sua ineficiência, a Prefeitura nega um fato público e notório e passa a atacar o Governo do Estado. Ataques de cunho eleitoreiro, às vésperas de uma eleição estadual, visando claramente atender aos objetivos do “comando” político ao qual se submete a Prefeitura de Campina Grande.
 
Além dos investimentos em divulgação, o governo sempre assegurou reforço no aparato de segurança, saúde e trânsito para dar suporte à demanda provocada pelas festas juninas em Campina, tendo inaugurado na abertura do Maior São João do Mundo um núcleo integrado de segurança, composto pela Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Detran, próximo ao Parque do Povo.
 
Lamentavelmente, o Poder Público Municipal insiste em estimular uma briga e deixa de atender ao interesse público para se transformar numa espécie de comitê eleitoral voltado a beneficiar o candidato do prefeito. É a prefeitura usando de todos os meios para ajudar o “chefe” do prefeito. Trata-se da mais antiga e atrasada forma de fazer política. 
 
O processo eleitoral se dará noutro momento e em outro contexto. Não cabe ao prefeito de Campina Grande a antecipação da disputa, inventando uma “guerra” para ter o pretexto de atacar adversários e prestar serviço extra ao seu chefe.
 
As acusações feitas pelo prefeito ao Governo não têm nenhum amparo nos fatos. Na verdade, a Gestão estadual fez e está fazendo, em 3 anos e meio, o que outros governantes, que estiveram mais tempo no Poder, não fizeram. Campina Grande está recebendo mais de 100 milhões em obras e serviços. Mais de 120 novos leitos na saúde, construção do novo Instituto de Polícia Técnica, recuperação do Estadual da Prata, reforma do Amigão, construção de rodovias e avenidas e a urbanização do Bodocongó. São ações prometidas muitas vezes e nunca realizadas. Está tudo lá, embora o prefeito não veja. Ou não queira ver.
 
Outras conquistas virão.
Confira a nota emitida pela prefeitura de Campina Grande
GOVERNO DESMENTE GOVERNADOR
Na tentativa de explicar sua recusa de ajuda financeira ao Maior São João do Mundo, o Governador do Estado repetiu, em seguidas entrevistas, que não poderia destinar nenhum recurso para o evento de Campina Grande porque a Prefeitura não teria prestado contas, até agora, do dinheiro mandado para a festa do ano passado.
 
Em respeito à verdade, a Prefeitura Municipal de Campina Grande traz aos paraibanos as seguintes informações:
 
1- É absolutamente falso que o Governo do Estado tenha celebrado qualquer convênio com a Prefeitura de Campina Grande, destinando recursos para o Maior São João do Mundo, como é igualmente falso que a Prefeitura tenha atrasado para o Estado qualquer prestação de contas de recursos do São João. No ano passado, a Prefeitura não recebeu do Governo do Estado um centavo sequer para a promoção do São João.
 
2- A pedido da Procuradoria do Município, a própria Controladoria Geral do Estado, órgão encarregado de registrar e acompanhar a execução de todos os convênios do Governo do Estado, informou, por certidão, que  ”examinados os registros constantes do Sistema de Controle de Convênios desta Controladoria inexistem convênios firmados entre 01 de janeiro de 2.013 e 05 de Junho de 2.014 entre o Estado da Paraíba, por meio de unidades vinculadas ao Poder Executivo Estadual, e o Município de Campina Grande, tendo por objetivo apoiar festejos juninos”. O próprio Governo desmente o Governador.
 
3- A Prefeitura lamenta que, por motivação claramente política, o próprio Governador do Estado se permita a utilização de inverdades tão flagrantes e de argumentos tão cavilosos para tentar justificar o injustificável: a  recusa de ajuda financeira ao Maior São João do Mundo, hoje um patrimônio de Campina Grande e da Paraíba, que o Brasil inteiro respeita.
 
4- A Prefeitura espera que diante de provas cabais da inverdade e da inconsistência de suas acusações e argumentos, o Governador do Estado se desculpe publicamente perante a cidade, e corrija o equívoco de negar ajuda ao maior evento turístico da Paraíba. O Maior São João do Mundo, afinal, é um orgulho da Paraíba, que o Governo do Estado tem a obrigação de apoiar, ajudar  e promover acima de quaisquer disputas políticas e paixões partidárias. A Prefeitura espera, por fim, que  o evento, integrante  do calendário turístico nacional, venha a ser tratado, por parte do Governo do Estado, com seriedade e honestidade, sem meias verdades e sem mentiras completas.
 
Campina Grande, 6 de Junho de 2.014

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios