Destaques

Governador volta a defender o desarmamento, após morte de folião em João Pessoa

O governador do Estado, João Azevedo (PSB), voltou a criticar o decreto do Presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), que facilita a posse de arma ao cidadão brasileiro, isto por conta da onda de violência que tomou conta das prévias carnavalescas de João Pessoa, onde um folião foi morto a tiros no meio da multidão nesse final de semana.

Apesar de ter considerado o fato um ato isolado, o governador afirmou que a Polícia da Paraíba está atenta e espera que as pessoas saiam de casa “com o espírito muito menos desarmado em todos os sentidos”.

“O espírito e também sem nenhuma arma. Por isso nós defendemos claramente que o armamento da população não vai resolver o problema de segurança, ao contrário, vai é piorar. Nós precisamos é entender isso. A polícia está atenta, a Secretaria de Segurança montou uma operação muito grande para o carnavalesco e vamos torcer para que os número da violência sejam bem menores”, ressaltou.

Foto: José Marques/Secom/PB

paraibaonline

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios