DestaquesParaíba

Governador exonera secretários investigados na Operação Calvário

O governador da Paraíba, João Azevêdo (sem partido), exonerou os secretários de Estado Edvaldo Rosas e Cláudia Veras, ambos investigados na sétima fase da ‘Operação Calvário’, ocorrida nessa terça-feira (17). As exonerações foram publicadas na página 6 do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (18).

De acordo com as investigações da operação, José Edvaldo Rosas, que ocupava o cargo de secretário chefe do Governo, era presidente do PSB e apontado como responsável pela interação com vários agentes políticos, incluindo prefeitos. Tinha confiança do ex-governador Ricardo Coutinho e atuava no esquema em conjunto com Gilberto Carneiro e Ivan Burity. Rosas foi alvo de mandado de busca e apreensão.

Já Cláudia Veras, secretária executiva da Secretaria de Estado do Desenvolvimento e da Articulação Municipal, permitia a atuação da organização criminosa, segundo a decisão judicial que determinou que ela fosse presa preventivamente. Secretária da Saúde durante a gestão de Ricardo Coutinho, foi mantida na função por João Azevêdo até abril deste ano, quando migrou para a pasta que ocupava até essa terça-feira.

Com Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios