Destaques

Governador da PB diz que atrações atraíram “favela” para São João de João Pessoa

governador-da-pb-diz-que-atracoes-atrairam-favela-para-sao-joao-de-joao-pessoa.jpg.280x200_q85_cropO termo “favela” (nome de uma árvore), criado no Rio de Janeiro para designar as áreas em que as pessoas mais carentes construíam seus barracos de madeira nos morros, foi praticamente banido do vocabulário daqueles que passaram a encarar as comunidades com respeito, mas o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), não parece se importar com as palavras na hora de se referir aos populares de João Pessoa.

Em entrevista na noite desta quinta-feira, ao programa Conexão direta, da TV Arapuan, comandado pelo jornalista Luís Tôrres, Ricardo culpou as atrações escolhidas pela prefeitura da capital, segundo ele, “o prefeito previa a tragédia” ao trazer “bandas de rádio e atrações de grande porte, atraindo a favela para o Ponto dos Cem Réis”.

As declarações do governador caíram como uma bomba nas redes sociais e dezenas de internautas se sentiram ofendidos com as declarações do socialista.

Para Ricardo o ideal era oferecer apenas atrações com nível cultural mais elevado, visão compartilhada pelo secretário de cultura do Estado, Chico César, que já disse no primeiro ano frente à pasta que não bancaria “forró de plástico”. Já o prefeito Luciano Cartaxo, defende uma fórmula que uma ambos os modelos, com artistas da cultura tradicional e os mais modernos, coisa para o governo acaba atraindo “favelados”.

As críticas do governador foram em resposta a acusações de que o contingente policial deslocado para o evento era insuficiente, coisa que ele negou.

Click PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios