Paraíba

Gilvan entra na ‘queda de braço’ entre OAB e desembargador

Gilvan-Freire-310x245O advogado Gilvan Freire analisou a ‘quebra de braço’ entre a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), e o desembargador Márcio Murilo, sobre comentário feito pelo magistrado acerca do pagamento de honorários sucumbenciais em página do Facebook.

Em artigo, o advogado lembrou que em um processo judicial existem, pelo menos, três verdades: a verdade de uma parte; a verdade da outra parte; e a verdadeira. Gilvan disse que existem quatro verdades na polêmica entre a OAB e o desembargador Márcio Murilo, e destaca a sociedade como a possuidora da versão verdadeira.

Para Gilvan, a verdade do Judiciário estaria no direito de que todo cidadão tem de se expressar. Segundo Freire, o desembargador não pode ser tolhido dessa prerrogativa, que julga fundamental.

Quanto à Associação dos Magistrados, Gilvan disse que a entidade atuou em defesa de seu associado, mas acredita que essa postura deve ser ampliada para que haja um despertar para seu papel social.

Em relação à OAB, o advogado disse que o tema deve contar também com a participação do jurisdicionado, e não apenas por quem ‘recebe a fatura’.

Por fim, Freire chama a atenção para a necessidade de cada parte envolvida abordar o assunto de forma a achar uma verdade que sirva a todos, e não se apegarem a um conceito que contemple seus próprios anseios.

Relembre o caso

O desembargador questionou se era justo o advogado receber tais honorários em sua integralidade, mesmo já tendo sido remunerado pelo cliente para atuar em sua defesa.

Diante do comentário, a OAB-PB lançou nota contra o magistrado, que se esquivou dizendo que seu comentário teve caráter “acadêmico e impessoal”.

A Associação dos Magistrados da Paraíba saiu em defesa de Márcio Murilo e repudiou a nota emitida contra ele.

MaisPB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios