MunicípiosPrincipal

Gastos nas eleições da região de Solânea só até R$ 171,8 mil; confira os valores por cidade

Dinheiro-310x245Os gastos dos candidatos na campanha eleitoral deste ano estão limitados, após a reforma política de 2015. Muitos dos postulantes terão uma quantia mínima para ‘investir’ na sua candidatura, principalmente, no interior da Paraíba. Nos 15 municípios que compreendem a Região Geoadministrativa de Solânea, por exemplo, o teto é de no máximo R$ 171,8 mil para candidatos a prefeito e R$ 12,9 mil para vereador.

Belém é a cidade onde os candidatos a prefeito poderão gastar mais, R$ 171.861,81. Ela vem seguida de Caiçara (R$ 77.191,42) e Solânea (R$ 74.386,20).

Já em Logradouro o gasto será de no máximo R$ 14.038,52, o menor da região. Também estão entre os que menos poderão gastar os candidatos de Casserengue (R$ 17.756,48) e Damião (R$ 18.916,10).

O detalhamento dos limites de gastos para os cargos de prefeito e vereador nas eleições municipais deste ano foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  Ele foi elaborado através da resolução n° 23.459 do TSE. Com as alterações promovidas pela Reforma Eleitoral 2015, o teto máximo das despesas dos candidatos está sendo definido com base nos maiores gastos declarado nas eleições de 2012.
A norma diz que, no primeiro turno do pleito para prefeito o limite será de 70% do maior gasto declarado para o cargo em 2012. No entanto, se a última eleição tiver sido decidida em dois turnos, o limite de gasto será 50% do maior gasto declarado para o cargo no pleito anterior, conforme explica a resolução.

Veja a tabela completa com a quantia de gastos para candidatos a prefeito e vereador na região de Solânea.

municipios

Focando a Notícia 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios