Paraíba

Fora da ‘agenda cultural’ do estado, Pinto do Acordeon se diz vítima de perseguição política

fora-da-agenda-cultura-do-estado-pinto-do-aordeon-se-diz-vitima-de-perseguicao-politica.jpg.280x200_q85_cropUm dos mais aclamado cantor, compositor e instrumentista paraibano, Francisco Ferreira Lima (Pinto do Acordeon), está fora do mercado oficial por intromissão de terceiros.

O compositor de ‘Neném Mulher’, entre outros tantos sucessos, denunciou que vem sendo perseguido pelo Governo do Estado, a tal ponto de não ter sido mais contratado para nenhuma atividade artística e cultural.

“Estou há 3 anos sem tocar um dó nas festas juninas da Paraíba por conta de perseguição desse governo contra minha pessoa” lamenta Pinto.

Com Click PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios