DestaquesMunicípios

Física faz análise da proliferação da Covid-19 em Bananeiras e diz que isolamento social é fundamental

Um estudo realizado pela doutoranda em Física, a bananeirense Desiane Gomes, mostra que o isolamento social ajuda a reduzir a velocidade de contaminação pelo novo coronavírus no município de Bananeiras, no Brejo da Paraíba.

O isolamento social começou na cidade há mais de dois meses, com restrições progressivas, sendo o primeiro caso confirmado para a Covid-19 datando 08 de maio de 2020. Os casos estão aumentando e a dinâmica do contágio levando a intuição de espalhamento do vírus na cidade e zona rural. A evolução da Covid-19 tem sido observada  e monitorada de maneira independente em Bananeiras, utilizando modelos matemáticos epidemiológicos para projetar a evolução e dividindo a população em compartimentos.

As análises têm sido divulgadas em uma página na internet, criada por Desiane Gomes, e destacamos as modelagens que projetam a evolução mantendo as medidas de isolamento social. Os dados mostram uma projeção com muitos infectados, mas que não ultrapassará 10% da nossa população (dados estimados pelo IBGE para 2019), significando dizer que medidas de isolamento funcionam bem.

Gráfico da COVID-19 em Bananeiras, marca 26 casos positivos em 30/05/2020.

Em outro cenário, afrouxando mais o isolamento, mesmo que minimamente, o número de casos aumenta significativamente, pois surgiria uma nova variável no modelo que é pessoa exposta com dinâmica direta com infectados.

Desiane explicou ao Bananeiras Online que “é importante mencionar que as projeções que se aproximam mais da realidade são as que consideramos até cinco dias, as quais, estamos fazendo desde o início, com os dados confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde e que corresponde muito bem aos dados simulados. Num cenário hipotético de alta propagação do vírus, considerando 160 dias, os números de infectados em nossa cidade seria assustador, com os dados projetados condizentes com os já confirmados, por isso o isolamento social é fundamental”.

Projeção para os casos é de 30 e 32 até 03 de junho.

Os pontos em vermelho são a previsão para os próximos 5 dias (entre 30 e 32 casos em 03 de junho de 2020), isso se a taxa de crescimento continuar sendo a mesma dos últimos dias. A confirmação de aumento de casos, com as projeções anteriores chegam muito próximas, até chegando a ser muito precisas.

Ainda segundo Desiane, “a ideia das análises é desencorajar qualquer medida precipitada quanto a abertura de comércio e retomada das atividades escolares e outras, pois os cenários hipotéticos estão longe de serem exatos, mas podem servir para um olhar do poder público quanto a retomada, que infelizmente aparenta está muito distante”, destacou.

Outro quesito que merece ser observado é a sensação de que está crescendo lentamente ou quase não temos casos. Os casos confirmados também não representam o cenário real e a falsa ideia de achatamento de curva pode chegar.

“Ao falar em poucos casos ou achatamento da curva também podemos imaginar como um sistema físico real. Veja que debaixo da curva existe uma mola e que havendo flexibilização do isolamento de forma antecipada, sem testagem em massa e outras precauções, pode pressionar a mola e aí podemos ver os números saltarem”, concluiu.

Mais informações podem ser adquiridas na página de Desiane através do link: https://uxfol.io/covid19bananeiras

Bananeiras Online

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios