Paraíba

Fiscalização coibe venda irregular de fogos de artifício em Campina Grande

Claúdio Goes
Claúdio Goes

Pelo menos quatro barraqueiros na Feira Central de Campina Grande foram notificados nesta quarta-feira (5) e quinta-feira (6), após uma série de fiscalizações visando o combate à venda irregular de fogos de artifício na cidade. A ação preventiva foi realizada pela Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, visando evitar o comércio ilegal durante o Maior São João do Mundo. O evento tem início nesta sexta (7).

A intensificação dos trabalhos foi requerida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), conforme Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a promotoria do Consumidor, Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, 2º Batalhão de Bombeiro Militar e Defesa Civil de Campina Grande.

Segundo o coordenador da Defesa Civil municipal, Ruiter Sansão, apenas dois pontos da cidade têm liberação legal para realizar venda de fogos de artifício. Todos os demais onde forem encontrados pelos fiscais o comércio irregular, os produtos serão apreendidos e os proprietários de estabelecimentos notificados.

As equipes da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros devem continuar em campo para evitar a retomada dos comércios ilegais. “Essa fiscalização está acontecendo na cidade toda para o combate às irregularidades. Estão liberados os barraqueiros cadastrados praticando venda de fogos de artifício apenas nos bairros Dinamérica, na avenida Dinamérica, e Itararé, na avenida Argemiro Figueiredo próximo à rodoviária”, afirmou Ruiter Sansão.

Uma nova reunião entre Corpo de Bombeiros, Ministério Público e Defesa Civil está agendada para o dia 11 de junho. O objetivo é apresentar relatórios dos trabalhos e determinar condutas dos órgãos durante as fiscalizações durante o São João.

 

G1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios