Municípios

Ex-prefeito de Solânea contesta decisão do TCE e diz que irregularidades não ocorreram em sua gestão

Prefeito-Chiquinho-300x207O ex-prefeito do município de Solânea, Francisco de Assis de Melo (Dr. Chiquinho-PMDB), em contato com o FOCANDO A NOTÍCIA, informou que vai contestar a decisão do Tribunal de Contas do Estado que lhe aplicou uma multa do valor R$ 7.882 mil. A punição foi pelo fato do ex-gestor não ter enviado à Corte de Contas a documentação solicitada pela auditoria do TCE, que investigava supostas irregularidades nos procedimentos licitatórios feitos para compra de uma unidade móvel de saúde, no ano de 2007, época em que o prefeito ainda era Sebastião Cândido da Cruz (Beto do Brasil-PPS).

“Eu já estou entrando em contato com meu advogado porque não entendo como posso ser punido por um problema que não ocorreu durante a minha gestão. Em 2007 eu ainda não era prefeito, o gestor era Beto do Brasil. A compra dessa unidade móvel de saúde foi feita por ele e não por mim. Como agora eu posso responder por isso?”, indagou Dr. Chiquinho.

De acordo com o processo TC 04490/07 em trâmite do TCE, as irregularidades no processo licitatório para a compra da unidade móvel teria ocorrido durante a gestão de Beto do Brasil, em 2007. Contudo, após ser citado pelo órgão fiscalizador, ele deixou que o prazo estipulado para a sua defesa transcorresse normalmente, sendo que deixou a prefeitura antes do fim da ação.

Já a frente da prefeitura de Solânea, Dr. Chiquinho recebeu do TCE uma solicitação para que fossem enviados à Corte de Contas documentos a respeito dessas licitações para que as possíveis irregularidades pudessem ser investigadas. Entretanto, o pedido não foi respondido, o que gerou a multa para o ex-gestor.

Após a primeira decisão do TCE, ainda foi estipulado um prazo de 60 dias para que Dr. Chiquinho enviasse os dados solicitados pela auditoria, mas este também não foi cumprido.

A reportagem tentou entrar e contato com o prefeito Beto do Brasil para falar sobre o assunto, mas o telefone celular do gestor encontrava-se desligado ou fora da área de cobertura.

 

  Focando a  Noticia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios