Destaques

Estado anuncia bolsa-desempenho de 20% para professores e revisão do PCCR, na Paraíba

O Governo do Estado vai incorporar a bolsa-desempenho aos vencimentos dos professores da Rede Estadual de Ensino. A primeira parcela de 20% será paga no contracheque do mês de junho e o benefício será extensivo aos servidores inativos. A decisão foi anunciada pelo governador João Azevêdo (PSB) nessa segunda-feira (20), durante reunião com representantes da categoria. Também ficou acertada a revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), que, além de professores, contemplará profissionais de apoio técnico-pedagógico.

 

“Pudemos efetivamente avançar em muitos pontos, preparar uma legislação moderna e que atendeu a expectativa da categoria. Vamos encaminhar a Medida Provisória com o novo PCCR para a Assembleia Legislativa”, disse o governador.

O Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Magistério é uma lei de 2003 e precisava de atualização. O secretário de Estado da Educação, e da Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, explica que a incorporação da bolsa-desempenho era uma grande luta da classe, porque o professor ao se aposentar não levava esse benefício.

“Agora, já no mês de junho, os inativos receberão 20% e os professores da ativa também já terão na remuneração os 20% da bolsa-desempenho. O Governo dá melhores condições de trabalho aos professores, melhor reconhecimento, retirando a bolsa e introduzindo como salário, e a questão do PCCR agora inclui os psicólogos, assistentes sociais, pedagogos, assistentes educacionais, outra conquista da categoria que reivindicava a inclusão desses profissionais no plano”, pontuou.

De acordo com a secretária de Estado da Administração, Jacqueline Gusmão, o próximo passo será implantar as medidas definidas na reunião. As informações já começaram a ser lançadas em folha e a previsão é de que servidores ativos e aposentados já recebam o acréscimo de vencimentos no dia 30.

“Foi uma reunião bem produtiva. É o início de um trabalho, principalmente para os aposentados que vão receber no final de junho esses 20% da bolsa no seu salário. Isto é uma vitória muito grande e as outras conquistas nós vamos discutindo ao longo do tempo”, destacou o presidente da Associação dos Professores de Licenciatura Plena do Estado da Paraíba (APLP), professor Bartolomeu Pontes.

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios