Destaques

Entrevista: comandante revela estratégias que Polícia Militar vai adotar nas eleições

O comandante da Polícia Militar, coronel Sérgio Fonseca, revelou, nesta terça-feira (9), em entrevista para o Programa Hora H, da Rede Mais Rádios, que a escala para o dia das Eleições 2022 já está preparada. Nas eleições, os oficiais escalados para trabalhar no dia relatavam dificuldades para conseguir votar, muito por conta, também, da divulgação da escala de última hora.

“Na verdade, as nossas escalas já estão prontas. Nós tivemos uma reunião com o TRE, e a previsão era que as escalas ficassem prontas até o dia 18 de agosto, porque o TRE tem condição de fazer o militar possa votar exatamente no lugar em que ele vai estar escalado para fazer o serviço. Nós sabemos que durante as eleições muitos militares são mobilizados”, disse o comandante.

“Nós vivemos num país democrático, e é muito importante que todo militar possa fazer a segurança, trabalhar no pleito eleitoral, mas exercer sua cidadania votando”, reiterou Sérgio Fonseca.

Além disso, o comandante ressaltou o processo de segurança da Polícia Militar para essas Eleições 2022, que chamam atenção pela polarização em todo o país, e defendeu a democracia e a pluralidade de ideias.

“Eu tenho certeza que a nossa tropa está atenta. Já iniciaram, inclusive, os debates eleitorais, e a Polícia está presente, exatamente para evitar qualquer tipo de conflito. É importante que a população entenda que vivemos numa democracia, e viver numa democracia é exatamente saber que você tem um ponto de vista, mas tem que entender a pessoa que não concorda”, disse.

“A gente pede, também, a colaboração desses eleitores que têm os ânimos mais acirrados que entendam que democracia é isso mesmo: é você defender um ponto de vista, mas também respeitar. O seu direito acaba assim que inicia o direito da outra pessoa”, reforçou.

Confira entrevista 

Leonardo Abrantes – MaisPB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios