Destaques

Edital diz que candidato com espinhas não pode concorrer a concurso da PM PB

Polícia Militar da Paraíba
Polícia Militar da Paraíba

Interessados em fazer o concurso que vai selecionar novos membros para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros da Paraíba devem atentar para alguns detalhes bastante específicos presentes no edital do certame.

Conforme o edital, o candidato que optar concorrer a uma das vagas desse concurso, não pode ter fobias, hepatite, estrabismo, saúde bucal comprometida, alargador na orelha, diabetes e até mesmo espinhas. Sendo mulher, não pode ter cistos no ovário.


Homens que tenham apenas um testículo podem concorrer, desde que ele esteja no local correto do corpo.

O coronel Marcos Alexandra de Oliveira Sobreira, presidente da comissão coordenadora da Polícia Militar da Paraíba, disse que o candidato deve ser aprovado em seis fases para conseguir a vaga disputada e explicou porque o edital tem que ser tão específico nos critérios relacionados à saúde dos concorrentes.

“Depois da prova escrita, ainda há as avaliações psicológica, médica, física e social. É importante que o candidato entre na PM completamente saudável para não gerar custos com faltas, atestados ou prejudicar a efetividade do trabalho na equipe”, falou.

Obviamente, isso é totalmente diferente do profissional que adquire a doença depois que entrou na corporação, quando, nesse caso, ele receberá toda a assistência necessária.

O edital é a ‘lei do concurso’. Ele pode estabelecer tudo o que for necessário ao candidato e à administração, desde que de forma isonômica e que não esteja de encontro ao que é estabelecido em lei no País.

O concurso da PM e dos Bombeiros recebe inscrições até às 23h59 deste domingo (15).

Com Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios