Brasil

Dilma vai recorrer contra impeachment e promete enérgica oposição

Dilma-Rousseff-4-310x245Em um discurso de cerca de 12 minutos no Palácio da Alvorada nessa quarta-feira,  Dilma Rousseff começou a fala cumprimentando o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, e disse que se dirigia aos senadores, deputados, as lideranças dos movimentos sociais, as Mulheres e os homens do país.

A ex-presidenta disse que é o segundo golpe de Estado que sofre na vida e que é vítima de uma fraude. E afirmou que vai recorrer da decisão.

Dilma disse que condenaram uma inocente e afirmou que foi um golpe contra o povo. “Acabam de derrubar a primeira mulher presidenta do país”, afirmou.

Dilma Roussef pediu aos movimentos sociais e aliados que não desistam e disse que fará uma forte oposição ao atual governo. Por fim, Dilma disse que sai da presidência como a mesma diginidade com que entrou.

Com a decretação da perda do mandato, a ex-presidenta Dilma Rousseff terá até 30 dias para deixar o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.

Como ex-presidenta, Dilma não receberá salário, mas terá direito a oito servidores, sendo dois assessores, quatro seguranças e dois motoristas além de dois carros.

Todas as despesas relacionadas à gestão dos servidores e dos dois veículos serão custeadas pela Casa Civil, com recursos do Tesouro Nacional.

De acordo com a assessoria da presidenta afastada, Dilma Rousseff deve viajar para Porto Alegre nos próximos dias.

 

Rádio Agência

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios