Paraíba

Deputados aproveitarão os Festejos Juninos para dar assistência aos aliados no Interior da Paraíba

004be33d-2f44-4388-bba9-7d2f05bf99e7_media_Em ano pré-eleitoral, descanso durante o recesso parlamentar, principalmente no período dos festejos juninos, é uma coisa que não está nos planos dos deputados paraibanos, ainda mais agora quando o Estado corre o risco de perder seis vagas na Assembleia Legislativa e duas na Câmara Federal. De forma unânime, os deputados afirmam que vão realizar uma verdadeira maratona de visitas às suas bases políticas, a convite dos prefeitos e das lideranças políticas aliadas.

Há quem planeje visitar até três cidades em uma única noite, inclusive nas cidades que não vão promover festas juninas. A meta dos deputados é visitar em média 15 cidades e reforçar os laços com os eleitores, políticos e lideranças entre os dias 23 e 30 de junho.

Para o cientista político e professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Ítalo Fittipaldi, essas atividades não são determinantes para uma eleição que ainda falta mais de um ano para acontecer. “Dependendo do cargo que se pretenda disputar, quem aparece muito agora corre o risco de não ser lembrado no ano que vem, a não ser que já tenha o nome bastante consolidado na política paraibana”, avaliou.

De acordo com o professor, os deputados aproveitam o recesso para fazer política. Segundo ele, os deputados também tiram um tempo para descansar. “A eleição é ano que vem e, nesse momento, eles não vão fazer nada diferente que fazem em uma semana de trabalho normal. Não é o que se faz no recesso parlamentar que determina uma eleição”, afirmou.

Ítalo Fittipaldi acredita que o cenário político de 2014 só começa a se desenhar no último trimestre deste ano, ou seja: outubro, novembro e dezembro. “Nesse momento, as ações dos pretensos candidatos farão toda a diferença, tanto no que diz respeito ao contato com o eleitor, como as costuras políticas”, ressaltou.

Federais terão recesso “branco”

O recesso parlamentar da Câmara Federal começa no dia 17 de julho e vai até o de 1º de agosto, mas durantes os festejos de São João e São Pedro- de 23 a 30 de junho-, os deputados estabelecem um recesso branco. Eles aproveitam esse momento para marcar território nas bases eleitorais.

O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) disse tem prefeitos aliados em 25 municípios. Ele afirmou que fará um esforço concentrado durante o São João e o São Pedro para tentar visitar o máximo de cidades. “Eu já ando com tudo meu no carro, pois tem final de semana que eu não consigo ir em casa ver a minha filha. Nós não temos o direito de descansar”, comentou.

O mesmo pensamento tem o deputado Wilson Filho, também do PMDB. A diferença é que Wilson Filho contará com a ajuda do pai, o ex-senador Wilson Santiago, para poder dar contar das visitas aos municípios.

“Nós temos aliados em cerca de 50 cidades e não dá para visitar todos em tão pouco tempo. Nós já temos convites para festa em 11 e quando chegar o dia 22, os convites se intensificarão. Aí, eu conto com a ajuda de um grande aliado, que é Wilson Santiago”, destacou o parlamentar.

Apesar de o recesso parlamentar da Câmara estar um pouco distante, Wilson Filho informou que, durante esse tempo, além de intensificar os trabalhos em suas bases eleitoras, irá percorrer todo o Brasil realizando seminários sobre o novo modelo do ensino médio, tendo em vista que ele é o relator da Comissão Especial de Reformulação do Ensino Médio.

A programação do deputado Ruy Carneiro (PSDB) durante o São João e o São Pedro não será diferente da dos demais parlamentares. “Eu vou visitar algumas cidades onde os aliados me convidaram para participar das festas juninas”, comentou o deputado garantindo presença no São João de Campina e em pelos menos em mais 10 cidades.

No recesso parlamentar, Ruy fugirá um pouco à regra. “Vou ficar em João Pessoa dando uma reorganizada na minha vida pessoal e também em algumas questões políticas”, adiantou o tucano. Ele destacou que as visitas aos aliados e às bases eleitorais têm de ser feitas rotineiramente e não apenas no recesso.

“Eu Faço isso cotidianamente, pois acho muito mais importante uma semana de trabalho normal de visitas aos aliados, de debates com a população e reuniões com as lideranças políticas”, disse Ruy Carneiro.

Já o deputado Leonardo Gadelha (PSC) informou que pretende visitar cerca de 10 municípios paraibanos entre dos dias 22 e 30. “Vou participar de alguns eventos para me confraternizar com amigos e aliados. Além disso, vamos aproveitar o momento para apresentar um pouco do trabalho que estamos realizando na Câmara Federal”, adiantou o socialista cristão.

Para Leonardo Gadelha, os parlamentares devem estar sempre visitando as bases eleitorais para prestar contas o trabalho que realiza e também para saber quais são as demandas da população. “Esse é princípio da democracia representativa: devemos ouvir as pessoas para tentar acertar cada vez mais no nosso trabalho”, explicou.

CG, Patos e Santa Luzia

Campina Grande, Galante, Santa Luzia, Bananeiras, Monteiro e Patos. Estes são alguns dos destinos do deputado Efraim Filho (DEM) durante as festas de junho. “Esta é uma oportunidade de participarmos dos festejos nas cidades que nos ajudaram a chegar à Câmara. A gente aproveita o momento para curtir a festa e também para falar um pouco de política”, frisou.

Efraim disse que tem a característica de estar sempre presente nas bases eleitorais independente de ser período festivo ou recesso parlamentar. “A presença do parlamentar é importante para que as pessoas sintam o nosso apoio, para que a gente, realmente, conheça a realidade das pessoas”, comentou.

FONTE: JORNAL CORREIO

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios