ParaíbaPrincipal

Delegado pede prisão do prefeito paraibano

128454,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0
São João do Cariri

O delegado titular da delegacia de Cabaceiras, Eriberto Paulino, pediu a prisão preventiva do prefeito de São Domingos do Cariri, José Ferreira da Silva (PSDB) e de mais cinco auxiliares, por um suposto esquema de fraude num leilão de veículos pertencentes à administração municipal. Os acusados foram indiciados pelos crimes de peculato, formação de quadrilha e crime contra a administração pública. No entanto, a representação está em movimentação no Tribunal de Justiça, onde se encontra o processo, depois que o juiz da comarca de Cabaceiras, André Ricardo de Carvalho remeteu o inquérito ao TJ.

Além do prefeito José Ferreira da Silva, também foram indiciados a vice-prefeita Inara Marinho Ferreira da Silva, o secretário Sebastião José das Neves, a tesoureira da prefeitura Nauba Lígia Pereira de Andrade, o secretário Jailson José de Amorim, além dos vereadores Sergio Quintino, Antônio Maurício e Damião Pereira, além do próprio denunciante apontando como “laranja” do esquema.

O inquérito originou-se a partir da denúncia do montador de móveis Nilton Gledson Brito Silva, que teria sido o arrematante de cinco veículos do leilão promovido pela prefeitura de São Domingos do Cariri. No entanto, ao levar os veículos ao Detran, a suposta vítima tomou conhecimento que um dos veículos apresentava sinais de adulteração no chassi, o que foi confirmado pelo Instituto de Polícia Científica.

José Ferreira se defende

De acordo com José Ferreira, os veículos não eram seminovos. Ele disse que o delegado não tem competência para pedir sua prisão e que o inquérito já foi trancado no Tribunal de Justiça. “Eu vendi cinco carros velhos, e imprestáveis: motor batido, sem pneus, sem valor algum, e nem tínhamos mais onde colocar. Havia uma ambulância velha, com mais de 12 anos de uso, a qual enviamos a uma oficina para revisão. Ao voltar, não verificamos o chassi. Encaminhamos o veículo ao delegado da cidade, para a Polícia Científica periciar o carro e recebemos um laudo confirmando que estava tudo certo”, replicou o prefeito.

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios