Destaques

Cronista paraibano aposta que seleção passa fácil em primeira fase da Copa

2A torcida verde e amarela já se prepara para o jogo de abertura do Brasil contra a Croácia nesta quinta-feira (12), na Arena Corinthians em São Paulo.  De acordo com o cronista esportivo da Rádio Tabajara, Estéfano Vanderlei a maior dificuldade da seleção de Felipão na estreia será o entrosamento dos jogadores.

Para Estéfano, o nervosismo no primeiro jogo com o estádio lotado não vai influenciar o desempenho da equipe brasileira. “O Brasil é um dos países mais experientes em Copa e o nervosismo da estreia não vai influenciar no placar. Pelo contrário vai ter o estádio lotado ao seu favor”, ressaltou.

A seleção brasileira está no grupo ‘A’ com Croácia, Camarões e México. Das seleções citadas, a única que pode dar trabalho ao Brasil é a Croácia, afirmou o especialista.

“A mais difícil será Croácia, por ser um time Europeu que vem evoluindo. O Brasil já enfrentou essa equipe na Copa de 2006 na Alemanha e teve dificuldade para ganhar”, explicou. Ele acredita que neste ano será diferente, porque “seleção canarinha conta com um 12º jogador, a torcida e vai passar fácil nesta fase”.

Hulk

Sobre o desemprenho do paraibano Hulk na seleção, o cronista esportivo revelou com entusiasmo que está sendo excelente. “Hulk está puxando o meio para o ataque, e isso deixa o time mais forte”.

Desempenho nos amistosos

Os jogos do Brasil nos amistosos não agradou muito a torcida. Estéfano  justificou dizendo que “amistoso é amistoso”. “Os jogadores não se doam, tanto quanto na Copa do Mundo, não podemos levar em consideração esses jogos, porque os jogadores se poupam”, esclareceu.

Com Click PB

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios