Destaques

Corpo de radialista é encontrado em matagal na PB; polícia desconfia de crime homofóbico

O corpo do radialista Denisvaldo Mendes Pacheco, de 36 anos, foi encontrado com sinais de violência física no começo da noite dessa quinta-feira (28) em uma área de mata a 2km de Itaporanga, no Sertão da Paraíba. As investigações apontam que o homem foi atraído ao local e morto a pauladas.

O radialista estava desaparecido havia mais de 24 horas, moradores da região que passavam pela rodovia sentiram um forte odor e desconfiaram que poderia ser um corpo em decomposição.

Denisvaldo morava sozinho em uma casa no bairro da Bela Vista, em Itaporanga. Negro e homossexual, o radialista começou sua trajetória na comunicação na extinta rádio Valle FM de Itaporanga e, mais recentemente, atuou na comunitária Boa Nova FM, onde fazia uma participação em um programa de forró interpretando a personagem  “O coisa” onde sua voz anasalada chamava a atenção e divertia o público.

Depois do trabalho pericial, o corpo foi encaminhado para exame necrológico, o que vai determinar oficialmente a causa do óbito. O caso está sendo investigado pelo delegado Renato Leite e já existe um suspeito. A polícia trabalha com a hipótese de que o crime tenha sido cometido por motivação passional. Conforme familiares, não haverá velório em função do elevado estado de decomposição do corpo.

Paraíba.com

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios