policial

Cinco mortos, 6 foragidos, 2 menores apreendidos e uma mulher esfaqueada na Grande JP

Jovem sofreu três tiros
Jovem sofreu três tiros

Cinco homicídios foram registrados na região metropolitana de João Pessoa entre o domingo (9) e madrugada desta segunda-feira (10). O último crime ocorreu no bairro de Mandacaru, na Capital paraibana.

Segundo informações da Polícia Militar, Alexandre dos Santos Cunha, 31 anos, foi morto com um tiro no rosto, na Rua Felipe Camarão, nas proximidades da linha do trem.

De acordo com a polícia, a vítima era viciada em drogas e já tinha passagem pela polícia por tentativa de roubo. Como a rua estava vazia, a polícia não conseguiu colher detalhes sobre a autoria e como aconteceu o homicídio.

E por volta das 20h, no bairro São José, na Capital, Rafael Oliveira da Silva, 18 anos, conhecido como ‘o cruel’, foi assassinado com oito tiros. No local ninguém quis passar informações da autoria do crime.

A polícia informou que ele morava no Bairro dos Novaes, mas tinha fugido para o Bairro São José porque estava sendo ameaçado, já que é suspeito de cometer homicídios e cumpriu medida socioeducativa no CEA.

Em Cabedelo, na Grande João Pessoa, Paulo Ricardo, 21 anos, morreu com quatro tiros na BR 230; dois homens desconhecidos são acusados. Eles estão foragidos e abandonaram a moto que utilizavam como transporte no local do crime.

 

No bairro de Castelo Branco, na Capital, o pintor Luiz Carlos, 41 anos, também foi morto com vários disparos de arma de fogo. O homicídio ocorreu em frente à residência onde ele morava numa comunidade carente daquele bairro.

No início da tarde deste domingo (9) dois adolescentes foram abordados por outros dois menores que estavam armados e atacaram as vítimas, no bairro de Baralho, em Bayeux, Região Metropolitana de João Pessoa.

Um dos garotos foi ferido com três tiros e para escapar da morte fugiu junto com outro menor para um mangue. Ele foi localizado e levado para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, onde recebe atendimento. Os acusados da tentativa de homicídio estão foragidos e os motivos do crime ainda não foram revelados.

A bicicleta e outros pertences da vítima foram levados para a 5ª Delegacia Distrital em Bayeux e o amigo dele não sofreu ferimentos.

Menor corre para não morrer e deixa pertences na ruaFoto: Menor corre para não morrer e deixa pertences na rua
Créditos: Bayeux Jovem

Ainda à tarde, dois menores foram apreendidos depois de uma tentativa de assalto no Jardim Oceania, em João Pessoa. De acordo com o capitão Alisson, um jovem de 14 e outro de 16 anos, moradores do bairro Renascer em Cabedelo, portavam uma arma calibe 22 e tentaram assaltar uma senhora que estava entrando no carro dela. A movimentação foi frustrada porque havia muitas pessoas no local, próximo ao Aeroclube, que conseguiram acionar a polícia.

Os dois foram levados para a delegacia da infância e da juventude, em João Pessoa, onde permanecem à disposição da justiça.

Na manhã deste domingo (9), o menor Michael Rodrigues Fernandes, 16 anos, foi assassinado com cinco tiros no Cidade Verde, zona Sul da Capital.

Segundo a polícia, a vítima caminhava pela Rua Cidade Dona Inês, quando foi abordada por um homem que estava armado e chegou de bicicleta. O desconhecido atirou cinco vezes contra Michael que teve morte imediata.

De acordo com o depoimento de parentes do jovem, no momento do crime ele deveria estar no enterro do avô que teve morte natural e era sepultado no Cemitério do Cristo Redentor, também na zona Sul. A família informa ainda que desconhece os motivos do crime e afirma que ele não tinha envolvimento com drogas nem passagem pela polícia. O responsável pelo homicídio não foi localizado.

Jovem deveria estar no enterro do avôFoto: Jovem deveria estar no enterro do avô
Créditos: Emerson Machado

Também na manhã de domingo, Edvaneide Alves da Silva 31 anos foi ferida com um golpe de faca nas costas, no bairro do Rio do Meio, em Bayeux.

De acordo com a polícia, ela e o ex-companheiro discutiram e ele teria esfaqueado a vítima. Ela foi socorrida, sem gravidade, e depois levada à delegacia da mulher em João Pessoa para registrar o boletim de ocorrência.

O acusado não foi identificado.

Ela não teve ferimentos gravesFoto: Ela não teve ferimentos graves
Créditos: Bayeux Jovem

 

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios