Destaques

Chuva devolve alegria aos moradores e, aos poucos, está mudando caatinga paraibana

5A alegria de Hugo Riquelme de apenas 5 anos de idade em tomar banho de chuva é a prova de que dias melhores estão por vir em cidades do interior paraibano, que vêm registrando bons índices pluviométricos. Os moradores da pequena cidade de Junco do Seridó, distante a 232 km de João Pessoa e com pouco mais de 7 mil habitantes, se uniram e saíram às ruas, nesta terça-feira (08), onde formaram um grande cortejo para agradecer a Deus pelas chuvas.

Foi quase uma horas de trovões, raios e muita água. A intensidade das chuvas – que ainda é pouca – fez renascer a esperança da população e trouxe um alivio para o efeito causado pela forte estiagem. Junco foi um dos 195 municípios que declararam situação de emergência em decorrência da pior seca dos últimos 40 anos.

Segundo o morador Ivaldo Donato, com a chuva dos últimos dias a caatinga renasceu e em muitos lugares onde a seca devastou plantações, hoje já tem verde e a agricultura sobrevivendo. Houve um aumento do nível das águas de algumas barragens começaram a sangrar, como a de São Mamede.

“A população está numa alegria só. Quando chove o povo vai pra rua comemorar e agradecer a Deus. Na zona rural, já tem feijão, melancia e milho, plantados e os agricultores estão colhendo. Até as abelhas estão produzindo em grande quantidade”, comentou Ivaldo com um largo sorriso no rosto.

Plantão de feijão em JuncoFoto: Plantão de feijão em Junco
Créditos: Reprodução/ Ivaldo Donato

Melancia pronta para colheta Foto: Melancia pronta para colheita
Créditos: Reprodução/ Ivaldo Donato

Milharal sobrevivendo Foto: milharal sobrevivendo
Créditos: Reprodução/ Ivaldo Donato

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios