Paraíba

Cehap quer usar energia solar em casas do ‘Minha Casa, Minha Vida’

MinhaCasaMinhaVida-300x294A Cehap desenvolveu um projeto de uso da energia solar para fornecer eletricidade nos novos conjuntos habitacionais construídos no Estado através do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. A nova tecnologia já está pronta para ser usada em quase três mil novas casas que serão entregues este ano em Campina Grande e Patos. O projeto aguarda liberação do Ministério das Cidades.

Atualmente, as regras em vigor para o ‘Minha Casa’ só permitem o uso de energia solar para o aquecimento da água e não prevê a instalação de tecnologia fotovoltaica para gerar eletricidade, como propõe a Cehap. A meta é instalar as placas fotovoltaicas em caráter de teste nas 1948 casas em construção nos conjuntos Acácio Figueiredo e Raimundo Suassuna e, posteriormente, em cerca de mil novas casas em três conjuntos na cidade de Patos.

A proposta foi negada pelo Ministério das Cidades, segundo informou a presidente da Cehap, Emília Correia Lima. “A apresentação do projeto ao Ministério das Cidades, a iniciativa foi negada, sob a justificativa de que as diretrizes gerais do programa dispõem apenas sobre a aplicação dos sistemas de aquecimento solar e não da utilização do meio para geração de energia elétrica fotovoltaica”, explicou. Emília Correia Lima informou ainda que a Cehap vai reenviar o projeto para o Ministério.

O custo estimado do projeto é de R$ 5 mil por casa, valor dividido entre os governos estadual e federal.

 

Jornal da Paraíba

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios