Destaques

Casserengue “NÃO É BRASIL” descumpre acordo e professores e alunos perdem direito de acompanhar os jogos da Copa do Mundo

NOTA DE REPÚDIO

download (1)download

Contrariando os municípios circunvizinhos, Casserengue, cidade localizado na microrregião do Curimataú Oriental, iniciou o segundo semestre letivo no primeiro dia do mês de julho. Como se Casserengue não estivesse localizado no Brasil, país anfitrião da Copa 2014 e descumprindo o acordo feito entre os professores e comunidade escolar, onde começaria o ano letivo 2014 antecipadamente, para que os 30(trinta) dias de competição da COPA DO MUNDO DA FIFA no Brasil, não houvesse aula, ainda assim, a Secretaria de Educação do Município decretou o reinicio das aulas.

A ironia é que durante todos os dias letivos do mês de junho as escolas do município desenvolveram projetos temáticos relacionados à respectiva competição, investindo recursos e gastando materiais que as escolas utilizariam para todo o ano, no entanto educadores e alunos tiveram seu direito de acompanhar os jogos usurpado pela intransigência da Secretaria de Educação, e/ou do Prefeito José Carlos(Carlinhos), pois ao retornar as aulas não acompanham a partida das 13 horas, uma vez que neste horário encontram-se nas salas de aula e sequer os jogos das 17 horas, já que a maioria residem distante de suas residências, sobretudo os alunos da zona rural, e uma grande quantidade de professores(as) que residem noutras cidades.

Embora o SISENCAR(Sindicato dos Servidores Municipais de Casserengue), representado por sua Presidente, Rozineide Costa Gomes, tenha procurado a respectiva Secretária de Educação, Vionês Sena, objetivando negociar a mudança do retorno das aulas, a mesma alegou que se assim fosse, não atingiria as 800(oitocentas) horas preconizada pelo Ministério da Educação. A maioria dos municípios que circulam Casserengue só reiniciarão o segundo semestre letivo na próxima segunda-feira (08), ou na segunda-feira seguinte(14) e mesmo assim atingirão o Calendário letivo.

Infelizmente a velha tese do “MANDA QUEM PODE, OBEDECE QUEM TEM JUIZO”, vulto de administrações ditatoriais passadas, permanece circulando nas veias de quem ainda vive embebecido pelo porre do poder passageiro. Mas a “COPA DO MUNDO É NOSSA, COM BRASILEIRO NÃO HÁ QUEM POSSA… EU SOU BRASILEIRO… COM MUITO ORGULHO…COM MUITO AMOR”. E nesta ilusão os incompetentes que momentaneamente ocupam o poder, castigam aqueles que parece não ter nascido para ser feliz, nem durante a COPA, ou seja, OS(AS) PROFESSORES(AS).

Autor: Prof. Gederlandio A. Santos

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios