Destaques

Casos de AIDS crescem na PB; HU acompanha 4 mil pessoas, sendo 42 crianças

158886,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0No Dia Internacional de Luta Contra a AIDS, o médico Otávio Pinto, especialista em DST/AIDS e chefe do serviço de atendimento especializado do Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, revelou, em entrevista no programa Correio Debate, da TV Correio HD, que 4 mil pessoas são acompanhadas pelo serviço, incluindo atualmente 42 crianças infectadas com o vírus HIV. Confira o vídeo da entrevista abaixo.

Os números da AIDS têm crescido na Paraíba. Em 2013, 409 casos foram notificados. No ano seguinte, contabilizaram-se 593 casos. Em 2015, até os primeiros dias de novembro, 672 ocorrências de AIDS já haviam sido registradas no estado.

Otávio Pinto explica que, muitas vezes, os principais motivos para que alguém contraia a doença é a falta de prevenção e confiança no parceiro sexual, não usando o preservativo.

O médico explicou que, dentre as 4 mil pessoas matriculadas no serviço de acompanhamento, há gestantes e seus respectivos parceiros e filhos.

Segundo Otávio, as 42 crianças assistidas foram diagnosticadas com HIV após o parto. Por isso, ele incentiva que toda gestante deve exigir no pré-natal o teste de AIDS.

De acordo com o especialista, quando uma gestante é acompanhada e toma os medicamentos necessários, há uma diminuição para menos de 1% de chances de o filho nascer com AIDS.

Confira abaixo a entrevista do médico na íntegra:

 

Com Portal  Correio

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios