Destaques

Carreta desgovernada atinge veículo e carro quase é esmagado na BR-101, em Mamanguape

131544,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Uma carreta desgovernada provocou um acidente na manhã desta quarta-feira (12) na BR 101, no trecho da cidade de Mamanguape, no Litoral Norte do estado. Ela invadiu a faixa contrária da rodovia federal, bateu em um carro que vinha na frente e o veículo ficou embaixo da carreta. O caso ocorreu no sentido João Pessoa/ Natal. A pista estava molhada.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta descia a ladeira e ao passar pela ponte sob o Rio Mamanguape, o motorista perdeu o controle do veículo, tombou subindo a mureta de proteção.

Segundo informações do capitão Alberto Filho, comandante da Polícia Militar de Mamanguape, a parte frontal do veículo ficou na faixa contrária da BR 101. O motorista de um veículo de passeio que vinha na frente, não conseguiu parar a tempo e foi atingido pela carreta. O automóvel ficou embaixo da carreta. Não houve feridos.

” O motorista do carro pequeno disse que a carreta vinha desgovernada e entrou em pânico. Ele não poderia fazer nada. Por pouco não teve uma tragédia grande”, disse o capitão da PM.

Durante entrevista à equipe de reportagem da Rádio Correio do Vale de Mamanguape, os patrulheiros rodoviários disseram que no local do acidente há um desvínel na pista, o que facilita a formação de lâminas de água no período chuvoso. Vários acidentes já foram registrados no trecho.

Ainda de acordo com a PRF, documentos já foram enviados para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) relatando o problema, mas até o momento a solicitação não foi atendida. A reportagem do Portal Correio tentou contato com o órgão, porém ninguém atendeu aos telefonemas para falar sobre a reivindicação da PRF.

Carreta tombada na BR 101Foto: Carreta tombada na BR 101
Créditos: Reprodução/ Felipe França

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios