Destaques

Capital tem manifestação contra corte na Educação

João Pessoa registra, na tarde desta quinta-feira (30), protesto contra cortes de dinheiro da Educação anunciado pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

Os manifestantes se concentraram na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no Castelo Branco, e depois saíram em caminhada até a Praça da Paz, nos Bancários, onde realizam um ato contra a diminuição dos recursos financeiro do setor.

Só na UFPB calcula-se um corte de R$ 40 milhões que levaria a demissão de servidores terceirizados e problemas em serviços de manutenção das estruturas das instituições, bolsas e pesquisas.

“Há um corte de R$ 40 milhões só na UFPB e isso inviabiliza o pagamento da conta de água, de luz. Estamos com 400 funcionários terceirizados na eminência de serem demitidos. Temos também cortes nas bolsas de pós-graduação e mestrados inviabilizando a permanência de alunos de cidades do interior porque eles não conseguem ficar na cidade e concluir as pesquisas”, argumentou Rachel Soares, coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior do Estado da Paraíba (SINTESPB).

Na Praça da paz ocorrerão, além das falas das autoridades presentes, serão realizadas atividades culturais e apresentações musicais. Os protestos ocorrem em 20 estados e ao menos em 65 cidades do país. Este é o segundo dia que o povo vai às ruas contra cortes na Educação.

MaisPB

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios