Principal

Cabedelo e mais cinco municípios voltarão às urnas para escolha de prefeitos

Realizadas sempre no primeiro domingo de cada mês, as próximas eleições suplementares ocorrerão, excepcionalmente, no dia 17 de março. A data foi adiada devido ao feriado de Carnaval, que, neste ano, ocupou o primeiro final de semana do mês. Assim, os eleitores de seis municípios voltarão às urnas para escolher novos prefeitos: Cabedelo (PB), Cascavel (CE), Piên (PR), Macaubal (SP), Cajamar (SP) e Lagoinha (SP).

Eleições desse tipo são necessárias quando há a cassação de mandato pela Justiça Eleitoral e os prefeitos precisam ser substituídos em um novo pleito. O Código Eleitoral prevê, em seu artigo 224, a realização de novas eleições sempre que houver, independentemente do número de votos anulados e após o trânsito em julgado, decisão da Justiça Eleitoral que cause o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário. No caso de Cabedelo, Leto Viana, que está preso, renunciou ao cargo.

Para a realização das eleições nos municípios, os Tribunais Regionais Eleitorais devem elaborar e aprovar as instruções para cada cidade. Além disso, é regra: as eleições deverão ser marcadas sempre para o primeiro domingo de cada mês.

Essa obrigatoriedade em relação à data está regulamentada pelo artigo 1º da Resolução nº 23.280/2010, aprovada pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O objetivo de unificar as eleições no primeiro domingo visa a atender os princípios constitucionais da eficiência e da economicidade, uma vez que a cada pleito é necessário o plantão de servidores de áreas diversas da Justiça Eleitoral.

Em jurisprudência firmada também no Plenário da Corte, ficou estabelecido que o TSE designará, anualmente, o calendário das novas eleições para o exercício seguinte, de acordo com critérios nacionais, considerando os feriados.

A medida leva em conta o interesse público e, especialmente, a participação do eleitorado, uma vez que a coincidência da data das eleições com o domingo de Carnaval, além das dificuldades operacionais inerentes ao período de comemoração festiva, poderia causar também um maior índice de abstenção do eleitorado.

 

Com Bananeiras Online

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios