Destaques

Botafogo-PB atropela Cruzeiro e protagoniza maior goleada do Campeonato Paraibano

O Botafogo-PB atropelou o Cruzeiro de Itaporanga na noite desta quarta-feira (20), no Estádio da Graça no Bairro de Cruz das Armas em João Pessoa. A partida pela 12ª rodada do Campeonato Paraibano teve goleada de  9 a 2 do ‘Belo’, em cima do time visitante. Com o resultado, o Botafogo protagoniza a maior goleada da competição em 2013.

114104,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0

Dos nove gols marcados pelo Botafogo, três ocorreram no primeiro tempo da partida e seis no 2º. Sendo que, Edgard marcou duas vezes contra o time cruzeirense; Warley, Ferreira, Fábio Neves, Wanderley, André Lima, Thuram e Michel balançaram a rede uma vez cada.

Pelo o time cruzeirense, os jogadores Rodrigo e Pablo conseguiram furar o bloqueio do goleiro Genivaldo e diminuíram a diferença no placar, marcando um gol cada.

Mesmo antes de entrar em campo, com a vitória do Auto Esporte sobre o CSP, na segunda-feira (18), o Botafogo já havia garantido a classificação antecipada para as semifinais do Campeonato Paraibano.

O primeiro gol do Botafogo no Estádio da Graça aconteceu aos 3 minutos. Wanderley recebeu ótimo passe de Fábio Neves, que substituía Doda, e apenas colocou a bola para o fundo das redes do goleiro Aranha.

Aos 11 minutos, o Belo fez 2 a 0. Edgard recebeu passe de calcanhar de Warley e chutou no canto direito de Aranha para marcar.

O treinador Donilson Coringa mexeu no Cruzeiro, na tentativa de evitar a goleada anunciada. Ele  colocou Anderson e tirou Rafael. Aos 20 minutos, o camisa 14 entrou pela direita e chutou com força para o gol. Na sobra, Pablo chutou forte e fez o primeiro do time de Itaporanga.

O Cruzeiro insistiu e voltou a marcar. Jogada de Anderson pela direita, que cruzou para Rodrigo, que teve o trabalho apenas de empurrar a bola para as redes defendida por Genival. Estava empatado o jogo: Botafogo-PB 2 x 2 Cruzeiro.

Aos 31 minutos, Edgard trocou passe com  Warley, que deixou Fábio Neves na cara do gol. Ele tirou do goleiro Aranha e marcou 3 a 2 para o Botafogo.

Coincidentemente, aos três minutos do segundo tempo o Botafogo fez quatro a 2, com um gol do zagueiro Thuramde abeça, após escanteio cobrado por Ferreira.

Na jogada seguinte, Wanderley cruzou para Warley sozinho na área. Com a calma, ele escorou de cabeça para Ferreira, também de cabeça marcou o quinto gol.

O jogo ficou mais fácil ainda quando Anderson, do Cruzeiro, foi expulso. Com um jogador a menos, o time itaporanguense virou uma presa fácil para o Belo.

Aos 20 minutos, após rebote de cobrança de escanteio, o zagueirão Thuram acertou um bonito voleio da entrada da área e fez um golaço.

O sétimo gol surgiu após troca de passes na entrada da área do Cruzeiro, Warley chutou de canhota. A bola ainda bateu na trave esquerda de Aranha e morreu no fundo das redes.

Aos 30 minutos, o zagueiro André Lima cabeceou com força e marcou o oitavo do time da capital. E, para finalizar, aos 45 minutos do segundo tempo, Warley deu um passe que deixou o garoto Michel na cara do goleiro. Ele tirou do goleiro e decretou a maior goleada do Campeonato Paraibano: Botafogo 9, Cruzeiro 2.

Botafogo: Genivaldo, Ferreira, Thuran, André Lima e Zadda; Hércules, Izaías, Fábio Neves e Edgard; Warley e Wanderley

Técnico – Marcelo Vilar

Cruzeiro: Aranha, Anderson, Preto, Jonathan e Pablo; Nido, Túlio, Totó e Pablo; Chico Paraíba e Rodrigo Calmon

Técnico – Donilton Coringa

Local: Estádio da Graça, em João Pessoa; Horário: 20h30

Arbitragem: João Bosco Sátiro, auxiliado por Souza Júnior e D’guerro Xavier

Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios