Paraíba

Bate-boca entre vereadores do PT e PTB marca sessão na Câmara

20130705082821_03Os ânimos estão exaltados entres os parlamentares paraibanos. Dessa vez, a confusão foi em Sousa, durante sessão realizada para debater o projeto de “Aluguel Social”, destinado a pessoas que tiveram as casas demolidas por decisão judicial, realizada na manhã da quinta (04).

Durante o debate, o clima ficou tenso e houve discussão entre vereadores da situação e oposição. A conversa saiu do plano político e terminou em agressões verbais entre vereadores do PT e PTB: “As coisas que eu digo são muito claras, fui taxado de ridículo pelo líder da oposição. Podem dizer o que quiser de mim, que não vou me incomodar”, disse Lafayette Gadelha (PT), líder da bancada de situação.

O vereador Aldeone Abrantes (PTB), disse que está faltando harmonia entre as bancadas: “Não adianta iniciar uma guerra, porque todos os vereadores quando entram na Câmara são todos iguais. E com esse duelo entre as duas bancadas, só quem perde é a população”, concluiu Aldeone Abrantes.

O presidente da Câmara, Eduardo Medeiros (PTB), interrompeu a confusão e deu continuidade a sessão. Três projetos foram aprovados pelos vereadores presentes. O que concede aluguel social a famílias desabrigadas após a derrubada de casas no bairro Raquel Gadelha por seis meses podendo ser renovado por mais seis meses, a criação da Praça Antônio de Freitas na Rua Quintino Bocaiúva e a concessão da comenda governador Antônio Marques da Silva Mariz a atual presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcante.

Confira vídeo da sessão clicando aqui

Com Diário do Sertão

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios