Educação

Avó mata e enterra corpo da própria neta recém nascida no quintal

Com fotos do site Cidades na Net
Com fotos do site Cidades na Net

Uma mulher, identificada como Maria Valdeni da Silva Alencar, foi presa acusada de enterrar o corpo de sua neta recém-nascida no quintal de sua casa, na cidade de Marcos Parente, no Piauí, com a finalidade de encobrir a gravidez indesejada de sua filha.

Segundo informações, a filha de Maria, E. S. A de 14 anos, teria tido o bebê no dia 15 de novembro em Picos, porém ninguém sabia que a adolescente estava grávida, nem mesmo o pai da garota, o agricultor Edimar Augustinho.

Para a polícia, a acusada disse que o bebê nasceu prematuro e não resistiu. De acordo com documentos do Hospital Regional Justino Luz, a criança nasceu saudável após 34 semanas de gestação e a Declaração de Nascido Vivo (DN), documento de identidade provisória expedido pelo hospital, atestou que a criança saiu do centro de saúde ainda viva, no sábado, dia 16/11.

O corpo do recém-nascido foi encontrado enterrado e em estado avançado de decomposição no quintal da casa da família. A polícia fez a exumação do cadáver na noite dessa quinta-feira (21), que será levado para o IML, em Teresina, para que o motivo e a data da morte da criança possam ser comprovados.

A menor, que está internada com problemas de saúde, informou ao Conselho Tutelar, que nem chegou a pegar a sua filha no colo. A avó, já foi autuada em flagrante por ocultação de cadáver e será investigada se teve ou não participação na morte na criança.

ca1.jpg

ca2.jpg

ca3.jpg

ca4.jpg

ca6.jpg

cas.jpg

ca5.jpg

 

180 Graus

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios