Destaques

Às vésperas dos protestos, CNI emite nota pedindo união entre sociedade e Poderes

155105,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou uma nota nessa sexta-feira (14), com uma mensagem que pede que todos se empenhem em trabalhar pelo fim da crise e do pessimismo que estão colocando o Brasil em recessão. O texto destaca que o país já passou por situações piores e conseguiu resolvê-los. A mensagem foi divulgada às vésperas das manifestações marcadas para este domingo (16), em várias cidades.

“O Brasil vive um momento grave e complexo. É preciso evitar que a crise se aprofunde e torne ainda mais difícil a superação dos problemas”, abre o texto.

A nota continua alertando que todos devem se engajara para reverter os problemas. “O momento é de chamar a todos a responsabilidade. É preciso que todas as forças políticas adotem ações efetivas para o Brasil voltar a crescer. É preciso que o Congresso e o Executivo converjam e se mobilizem para viabilizar uma agenda para o fortalecimento da economia. Temos que prosseguir com o reequilíbrio fiscal e as reformas estruturais. É preciso que o Judiciário siga cumprindo seu trabalho constitucional com firmeza e independência e que não perca de vista a preservação das empresas, responsáveis pela geração de emprego e renda”

De acordo com a CNI, as maiores vítimas dos problemas são trabalhadores, empresas e consumidores. “A indústria tem a sua capacidade de produzir, investir e gerar emprego e renda comprometidas”.

No fim da nota, a CNI propõe um diálogo entre os poderes e a sociedade para que haja soluções. “A indústria brasileira propõe um diálogo com os Poderes da República e a sociedade para buscar soluções e construir uma agenda em favor da modernização institucional, politica e econômica do Pais. Precisamos mirar no que é mais importante e trabalharmos para a construção de um Brasil democrático e próspero.”

 

Com Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios