Paraíba

Após 58 dias da posse, prefeito de Juripiranga entrega no cartório carta de renúncia ao cargo

Após 58 dias no cargo, o prefeito de Juripiranga, Paulo Dália Teixeira (PSD), renunciou ao mandato, na noite desta quarta-feira (27). Ele entregou uma carta formalizando a renúncia, à tarde, no Cartório Eleitoral da comarca de Itabaiana. Até às 23h30 da noite desta quarta, os vereadores tentavam demovê-lo da ideia e retornar ao cargo.

prefeito

Juripiranga é um município do Vale do Paraíba (a 50 quilômetros de João Pessoa), que faz divisa com o estado de Pernambuco. De acordo com o IBGE, o município paraibano tem uma população estimada em 10.237 habitantese 7.423 eleitores. Sua área territorial é de 79 quilômetros quadrados e seus moradores têm uma renda per capta de R$ 3.711.

Após entregar a carta no cartório, Paulo foi para Juripiranga. Passou boa parte da noite reunido alguns vereadores de sua base aliada na Câmara Municipal e funcionários de sua confiança. A reunião foi em sua residência, onde aproveitou para se despedir.

O ato de renúncia pegou a população de Juripiranga de surpresa. Ninguém sabia explicar os verdadeiros motivos que teria levado o prefeito a deixar o cargo que assumiu no dia 1º de janeiro deste ano. Um vereador que estava na reunião disse que o prefeito de mantinha irredutível e consfirmou que ele iria falar com a imprensa sobre ess decisão na manhã desta quinta (28).

Segundo alguns moradores ouvidos pelo Portal Correio, por telefone, o motivo da renúncia teria sido a interferência do ex-prefeito Tom Maroja na gestão do atual. A campanha de Paulo teve presenças ilustres no palanque, como a do senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

As primeiras informações sobre a renúncia do prefeito Paulo Dália Teixeira surgiram no final da noite desta quarta-feira (27). Por telefone, a esposa do prefeito não confirmou a informação. Disse apenas que Paulo estava reunido com os vereadores que não poderia falar com a imprensa. Ela pediu apenas para ouvi-lo sobre o assunto na manhã desta quinta-feira.

O prefeito Paulo Dália Teixeira, 47 anos, nasceu em João Pessoa, é engenheiro e filiado ao PSD e aliado do vice-governador Rômulo Gouveia, que comanda a legenda no Estado.

Ele foi eleito no ano passado pela coligação ‘Por Amor a Juripiranga’ (PSD/PSB/PSDB/DEM), com 63,15% dos votos válidos, contra 36,85% do seu adversário, Marco de Zé Daniel (PT). Paulo, que obteve 4.612 votos, é casado com a primeira-dama, Débora.

O vice-prefeito Marinaldo Lima da Silva (PSB), 49 anos, é quem deve assumir o mandato.

Nas eleições de Juripiranga, foram registrados ainda 174 votos em branco e 377 nulos, de um total apurado de 7.303 votos, nas 31 seções instaladas pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

A Câmara Municipal de Juripiranga é formada por nove vereadores. Os mais votados foram Caio Neto  (PMDB), com 534 votos; e Kiko Cabral (PSD), com 485. Rozil do Frigorífico (PSD) e Gilberto Tavares (PSDB), com 399 e 366 votos respectivamente, foram os menos votados.
Por Hermes de Luna

Portal Correio

Artigos relacionados

2 pensamentos “Após 58 dias da posse, prefeito de Juripiranga entrega no cartório carta de renúncia ao cargo”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios