Paraíba

AMOR ANIMAL – Homem morre vítima de um coice sofrido durante uma relação sexual com uma jumenta na PB

Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

Apaixonado, Deca Batalhão, morreu fazendo amor. Burrice ou não, o homem não se cuidou e desagradou sua parceira; uma jumenta. Isso mesmo, o desempregado Cícero Balbino da Nóbrega, 20 ano de idade, conhecido por “Deca Batalhão”, que residia na cidade de Patos – PB morreu após receber um coice quando tentava fazer sexo com uma jumenta.

O coice do animal atingiu Cícero nos testículos e ele não resistiu e veio a óbito. Conforme a polícia local, o fato aconteceu por trás da Igreja Santo Expedito, no bairro Dona Melindra.

O corpo do desempregado foi encontrado por populares. Ele estava sem camisa e com as calças abaixadas até o joelho, enquanto a jumenta estava amarrada ao seu lado. A polícia foi acionada e ouviu algumas testemunhas. Elas disseram que Cícero era acostumado a fazer sexo com o animal, cujo nome é “mimosa”.

A polícia acredita que o animal foi amarrado durante a madrugada, mas no momento do ato sexual desferiu o coice fatal no desempregado. Seu corpo foi encaminhado para a Unidade de Medicina Legal de Patos.

A informação foi divulgada pelo site, “a Trombeta Maranhense”, e não diz o dia do ocorrido.

Expresso PB
Com Portal Terra

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios