Paraíba

Alunos da UFCG transformam atividades do curso em produções de sucesso na internet

143975,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0O curso de Arte e Mídia da Universidade Federal em Campina Grande tem se tornado um verdadeiro celeiro de artistas que não hesitam em fazer produções ousadas e com alta qualidade para projetos de conclusão de curso. Nos últimos anos, ao menos três grandes trabalhos se tornaram reconhecidos nacionalmente após a divulgação nas redes sociais.

Recentemente, o grupo campinense Varal de Cabaréconseguiu cerca de 150 mil visualizações no Youtube após uma parceria com a estudante Babi M. Braga, que assina a produção executiva do clipe ‘Mototáxi do Amor’ e desenvolveu a ideia como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Natural de Natal (RN) e com passagem por Porto Alegre (RS), Babi disse ao Portal Correio que se mudou para Paraíba em 2010, quando começou a cursar Arte e Mídia na UFCG, e falou que está na banda há pouco mais de seis meses, não só trabalhando nesse clipe, mas também agenciando a carreira do grupo, que já está no mercado desde 2010. O que era para ser apenas um TCC acabou se transformando em um verdadeiro sucesso no Brasil

“Antes o Varal só tocava em Campina Grande e no máximo em João Pessoa. Agora estamos fechando contratos para tocar em outros estados e isso é muito gratificante”, revela.

Perguntada se conseguiu o tão esperado ’10,0’ na nota do trabalho, ela diz que obteve 9,8 apenas por desvios no padrão da temida Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT).

Composta pelo vocalista do Varal, Pablo Giorgio (Pablito), Mototáxi do Amor foi postada no Youtube em 16 de outubro deste ano. Em pouco tempo, o vídeo caiu no gosto do público que não pensa duas vezes em deixar comentários positivos sobre a produção.

Internautas aprovam a produçãoFoto: Internautas aprovam a produção
Créditos: Reprodução/Youtube

A música tem uma pegada brega, com refrão repetitivo e pegajoso, destacando de forma ligeiramente cômica a jornada de uma das figuras urbanas mais representativas de Campina Grande, o mototaxista.

Grandphone Vancouver

Outra proposta com uma excelente sacada e ares internacionais é vista em ‘Miss Me’, apresentado em 2012 pelo baiano Fernando Ventura. Ele também cursou Arte e Mídia na UFCG, onde, segundo ele, o desenvolvimento de TCCs em vídeo é algo bastante comum.

Criativo, Fernando aproveitou a ideia para tirar um projeto antigo da gaveta; por ser músico e estar à frente da bandaGrandphone Vancouver, focou o trabalho na exploração do universo das bandas independentes e inseriu composições próprias em inglês na produção, o que deu muito certo.

Todo o vídeo levou mais de 12 horas seguidas para ser gravado, teve início durante a madrugada do último domingo de maio de 2012, na rua Maciel Pinheiro, no Centro de Campina Grande, e contou com a colaboração de vários colegas do curso que foram essenciais para o sucesso.

O vídeo tem uma fotografia excelente e referencia 28 clipes de artistas e grupos musicais renomados como Michael Jackson, Coldplay, Nirvana e Beyoncé; rendeu o primeiro lugar no ‘Music Video Festival MTV’ voltado para bandas independentes e venceu o Festival de Bandas Independentes em São Paulo em 2013. Outra grande conquista foi a assinatura de contrato de cinco anos de distribuição fechado com a Deckdisc, gravadora independente que é conhecida por já ter trabalhado com Pitty e Raimundos.

 

Profissionalmente, o clipe também abriu portas no mercado de trabalho para Fernando, que se divide no comando da banda e no cargo de chefe de redação de uma agência de publicidade de Campina Grande, onde pretende passar apenas mais um ano. O artista sonha em viver da música. “Eu acho que tudo isso que eu alcancei ainda é pouco, pois eu quero viver da música e me dividir entre ela e a publicidade, que também adoro fazer, até quando for verdadeiro; quero me mudar em breve, buscar novos horizontes para morar em um lugar onde a música é mais levada a sério. Estamos numa região onde a busca por patrocínio minimiza o que as produções artísticas possuem, o que é muito desmotivante “, disse Fernando.

‘Piradinha’

Sob direção do estudante do curso de Arte e Mídia da UFCG Aleksander Aragão, de 20 anos, cerca de 15 estudantes dessa graduação produziram uma paródia com base na música ‘Piradinha’, do cantor Gabriel Valim em 2012. Em apenas um dia, foram mais de 5 mil visualizações no Youtube.

A produção também foi um trabalho universitário, mas para a disciplina de Psicologia da Criatividade. Entusiasmada, a turma se desdobrou para a gravação em diferentes pontos de Campina Grande, como teatro, hotel e uma tradicional casa de recepções da cidade.

O vídeo e inspirado numa personagem alucinada por um homem famoso e faz de tudo para entrar na casa dele. As meninas elencadas não hesitam nos movimentos do cabelo e nos passos que mais lembram grandes cantoras internacionais.

“Foi bem legal, o vídeo ficou bem conhecido aqui na cidade e a gente chegou a receber muitos elogios”, disse ele. A equipe aguarda agora editais de prêmios, onde possam encaixar o vídeo nas disputas.

 

Recursos

Com produções dignas de lançamento internacional, os estudantes falam sobre os recursos disponibilizados para desenvolver projetos que envolvem muitas pessoas e equipamentos.

Babi M. Nóbrega defende que o curso de Arte e Mídia da UFCG cresceu muito, melhorou bastante a estrutura, com condições de fazer com que os alunos possam exercer a criatividade, mas ela destaca que, mesmo com esse apoio, precisou buscar recursos fora da instituição para desenvolver a ideia de forma plena.

Já Fernando Ventura defende a coletividade e o esforço do grupo na busca pelos resultados positivos, alegando poucos recursos. “O pessoal do curso sempre trabalha com muita coletividade e essa já é uma característica das áreas de Comunicação, Arte e Mídia e Música, por exemplo. Todos têm poucos recursos e a convivência construiu vínculos”, disse o criador da produção.

A coordenação do curso de Arte e Mídia da UFCG foi procurada pelo Portal Correio para repercutir a abordagem, mas o coordenador administrativo Fábio Bezerra Cavalcanti não foi encontrado até o fechamento desta matéria.

 

Com Portal Correio

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios