Paraíba

Acusado de estuprar menina de 6 anos é encontrado morto dentro de cadeia

Acusado preso pela PM
Acusado preso pela PM

O pescador José Francisco Gonzaga, 39 anos, acusado estuprar uma menina de seis anos em setembro deste ano, na cidade de Coremas, Sertão da Paraíba, foi encontrado morto na cadeia pública local onde estava preso. O fato ocorreu na noite desta terça-feira (8).

O aparente caso de suicídio de José Francisco ocorreu por volta das 18h30 na cela do isolado, conforme informou o cabo Antônio Batista, do 4º Pelotão de Polícia Militar de Coremas.

“Tudo leva a crê que foi suicídio porque ele estava na cela do isolado e teria se enforcado com o cordão da descarga. Mas, só a perícia vai dizer ao certo o que ocorreu”, disse o policial militar.

José Francisco foi preso na madrugada desta terça (8) dentro de casa no bairro Cabo Branco, em Coremas. Segundo a PM, o pescador estava sendo monitorado e uma denúncia anônima informava que o acusado frequentava sua residência durante a madrugada.

Foi montada uma operação e os policiais realizaram a prisão do pescador quando ele entrava em casa. O acusado foi preso por força de um mandado de prisão expedido pelo Poder Judiciário.

O crime 

 

De acordo com investigações da polícia, a criança teria ido brincar com os filhos do suspeito, em uma residência próximo a casa em que mora com a família, no bairro Caminho de Dentro, e após retornar ao convívio dos familiares, a avó teria percebido sangue em seus órgãos genitais.

A menina, que é criada por uma tia, teria ido brincar com os filhos do suspeito quando foi violentada, no entanto, ainda não se sabe em quais circunstâncias o crime teria acontecido. Ela foi encaminhada pelo Serviço de Atendimento móvel de Urgência (SAMU), ao hospital, onde se constatou rompimento de hímen.

 

Preso dentro de casa pela PM Foto: Preso dentro de casa pela PM
Créditos: Portal Coremas

 

Por Hyldo Pereira

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios