Educação

E que venha 2014!

PROF°. GEDERLANDIO ADRIANO DOS SANTOS.

LICENCIATURA PLENA EM LETRAS PELA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA.

HABILITAÇÃO EM LINGUA PORTUGUESA.

ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO INFANTIL PELA FACULDADE CRISTO REI –JAÍCOS –PIAUI.

CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS PELA P.U.C MINAS GERAIS.

ATUANTE NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO EM BANANEIRAS E CASSERENGUE , PARAÍBA.

PRODUTOR DE EDITORIAIS CITADOS EM SITES E SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO RADIOFÔNICOS NA REGIÃO DO BREJO.

E que venha 2014!

‘E muito emocionante fazer o bem. Quando vejo os olhos emocionados das criancinhas que recebem os presentes ou da família carente que ‘e contemplada com uma cesta básica. Fico com pena porque só poderei fazer isto novamente daqui a um ano.

Estas palavras foram pronunciadas por um desses papais noeis que todo final de ano resolvem adotar um tal de espírito natalino, e saem a fazer o bem as periferias da cidade.Coincidentemente não somente os papais noeis, mas também empresas dos mais diversos ramos, instituições inúmeras, clubes particulares e outros também abraçam a causa. No entanto logo após o período natalino ou ate o réveillon, quando ainda há resquícios dessa abundante bondade, acaba-se a pratica do bem, e aquela criança tão necessitada que foi alvo das campanhas de natal, parece que recebeu presentes suficientes para o todo o ano seguinte, e a família que foi contemplada com uma cesta básica terá sua despensa farta, tão farta que já pode ser esquecida.

Ao ver a reportagem do bondoso papai Noel que afirmou ficar com pena porque so poderia realizar esta tarefa tão bonita um ano depois, fiquei intimamente indignado. Minha indignação se deu, em virtude da insensatez humana que durante os onze meses do ano renegam as necessidades de seus semelhantes em prol de suas vidas egoístas e somente um mês por ano resolvem mudar esta pratica. Alias uma semana! já que um mês parece muita coisa para nossos anseios pessoais, e seria muito prejuízo em nossos afazeres. Paralelamente a este fazer o bem, não esqueçamos as confraternizações que somam um capitulo a parte. A verdade ‘e que um novo ano se aproxima e junto com ele doze meses de oportunidade para você fazer a diferença na vida das pessoas. Ao invés de esperar o termino para se confraternizar passe o todo o ano respeitando uns aos outros. Que tal uma vez por mês parar para reunir os amigos e comemorar? Por que uma campanha Natal sem fome, onde não há organismo que resista passar todos os outros onze meses do ano sem comer ? Que tal ampliar esta campanha para todos os meses do ano? E porque ao invés de dor alimentos apenas, também conscientizar as pessoas no sentido de buscar sua própria autonomia financeira, para que ao invés de pedir tenha para dar?

Jamais haverá ano novo se continuar a copiar os erros dos anos velhos, já dizia Luis de Camões, então para não contemplarmos os mesmos cenários negativos ao final do ano vindouro, que possamos agir de maneira diferente durante todo ele. 2013 chega ao seu final e o momento ‘e de reflexão. Refletir em torno do que deu certo. Corrigir o que deu errado. Mudar aquilo que não nos agrada. Ao invés de ficar parados reclamando da vida, arregaçar as mangas e partir para a batalha rumo a vitoria faz toda a diferença. Que venha 2014 ! Como dizia MÁRIO QUINTANA ‘’O Ano Novo ainda não tem pecado: É tão criança… Vamos embalá-lo… Vamos todos cantar juntos em seu berço de

mãos dadas, a canção da eterna esperança .” Por fim, escreveu Carlos Drummond de Andrade ‘’para você neste novo ano, desejo que os amigos sejam mais cúmplices, que sua família esteja mais unida, que sua vida seja mais bem vivida. Gostaria de lhe desejar tantas coisas. Mas nada seria suficiente para repassar o que realmente desejo a você. Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos. Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto, rumo à sua felicidade!”

 

Prof. Gederlandio A. Santos – Assessoria de Comunicação

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios