Proteção previdenciária atende 82% da população idosa na Paraíba

Publicado em quinta-feira, junho 7, 2018 · Comentar 

Estudo da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda revela que 82,8% dos idosos na Paraíba estão protegidos pelo sistema previdenciário brasileiro. A análise foi feita com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADc) de 2016.

Diferente da PNAD tradicional, a PNADc é uma nova metodologia utilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para mapear a realidade social brasileira. Agora, a pesquisa abrange todas as unidades da federação, o que não ocorria anteriormente. A periodicidade também foi ampliada para pesquisas trimestrais – anteriormente elas eram anuais.

Segundo a pesquisa, a proteção previdenciária brasileira atinge 84,6% dos idosos de todo o País. Intitulado “Cobertura Social e Impactos sobre a Pobreza”, o estudo também mostrou que 72,2% da População Ocupada (pessoas entre 16 e 59 anos) estão protegidas socialmente por serem contribuintes ou beneficiários. Outro dado relevante evidenciou que os repasses feitos com benefícios previdenciários e assistenciais (BPC/LOAS) retiram da pobreza mais de 30 milhões de pessoas.

BPC

Entre os recortes previdenciários adotados na pesquisa, o Benefício de Prestação Continuada ganha certo destaque. O BPC paga um salário mínimo mensal às pessoas idosas com 65 anos ou mais, com renda mensal menor que um quarto do salário mínimo, conforme determina o Estatuto do Idoso.

Somente em dezembro de 2017, 37.754 o número de idosos da Paraíba receberam o Benefício de Prestação Continuada, com investimento acima de R$ 417 milhões.

MaisPB

Tags :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solânea Online - CNPJ: 17.735.313/0001-90

É proibida a reprodução total ou parcial deste site, sem autorização prévia !