Aspol-PB vai acionar Justiça contra punições à policiais

Publicado em sábado, agosto 11, 2018 · Comentar 

A Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (ASPOL-PB) emitiu uma nota neste sábado (11) lamentando punições publicadas no Boletim Interno da Polícia Civil na última sexta-feira (10). Segundo a Aspol, 96 policiais foram atingidos com medida.

Em nota divulgada a Associação informa que integrantes da categoria investigativa foram suspensos por terem participado de uma paralisação em dezembro de 2017. Todos os servidores também teriam recebido desconto de um dia de trabalho no contracheque após manifestação.

“O movimento seguiu todos os trâmites legais para a sua realização”, diz trecho de documento da Aspol, que também garante que irá acionar a Justiça para desfazer os atos considerados abusivos.

A Aspol afirma que muitos policiais punidos contam que durante procedimento feito pela Corregedoria Geral foram apresentadas documentações que atestaram gozo de férias, folgas e até mesmo licença médica desses servidores.

“Há casos de policiais punidos em que há a frequência assinada pelo chefe imediato, confirmando a presença do servidor na unidade policial no referido dia. Existem também relatórios produzidos pelos investigadores, o que demonstra sem dúvidas o efetivo trabalho. Esse conjunto de fatos parece nos demonstrar uma falta de critérios objetivos para punição de policiais em nosso Estado”, explicou a presidente Suana Melo.

Ainda segundo Suana, no dia da manifestação vários policiais civis permaneceram em frente às sedes da Polícia Civil em João Pessoa, Campina Grande e Patos, atendendo situações de emergência.

“A Associação seguiu todos os trâmites legais para o ato de manifestação em favor do direito dos policiais civis. E a prova de que o próprio Governo do Estado reconheceu a validade do movimento está no fato de que, meses depois, foram distribuídos mil coletes balísticos que há anos eram reivindicados. Agora, vamos tomar todas as medidas jurídicas para que esses atos sejam desfeitos”, finalizou a presidente Suana Melo.

MaisPB

Tags :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solânea Online - CNPJ: 17.735.313/0001-90

É proibida a reprodução total ou parcial deste site, sem autorização prévia !