Amigos fazem ‘vaquinha’ para tratamento de jovem baleado em suposto ato de homofobia, em Areia

Publicado em sexta-feira, Janeiro 11, 2019 · Comentar 

Amigos de um jovem vítima de suposto ato de homofobia criaram uma ‘vaquinha virtual’ para arrecadar recursos para o tratamento do rapaz que foi baleado no Réveillon 2018/2019 de Baía da Traição, no Litoral Norte da Paraíba. Os médicos teriam diagnosticado que o rapaz teria ficado paraplégico.

Luciano Santos, de 22 anos, é da cidade de Areia, no Brejo paraibano, e até esta quinta-feira (10) seguia internado no Hospital de Trauma, em João Pessoa. A vítima contou em depoimento em rede social que estava em direção ao banheiro com um amigo quando os dois foram ofendidos por um homem. O amigo teria respondido e depois eles seguiram caminho. Na saída do banheiro, os dois teriam sido atingidos por tiros disparados por um amigo do homem que os insultou.

Os amigos querem arrecadar R$ 10 mil para um tratamento que possa reverter a paraplegia em Luciano, constatada pelos médicos. Até o começo da tarde desta quinta-feira, já havia a soma de R$ 3.270,00 em doações na ‘vaquinha virtual’. A coleta segue aberta no site até agosto de 2020.

Veja como doar para o tratamento de Luciano Santos

clickpb

Tags :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solânea Online - CNPJ: 32.356.555/0001-67

É proibida a reprodução total ou parcial deste site, sem autorização prévia !